Envolvidos no caso Mãe Bernadete passam por primeira audiência de instrução nesta quinta-feira

 Envolvidos no caso Mãe Bernadete passam por primeira audiência de instrução nesta quinta-feira

Suspeitos foram denunciados por homicídio qualificado por motivo torpe, de forma cruel, com uso de arma de fogo e sem chance de defesa da vítima

Os suspeitos de envolvimento na morte da líder quilombola Mãe Bernadete passam hoje (4) pela primeira audiência de instrução. A ação acontece a partir das 9h, na 1ª Vara Criminal da Comarca de Simões Filho.

Na ocasião, as autoridades vão ouvir três réus e sete testemunhas. Na manhã desta quarta-feira (3), três suspeitos do crime foram incluídos do “Baralho do Crime” da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

De acordo com o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), os suspeitos foram denunciados por homicídio qualificado por motivo torpe, de forma cruel, com uso de arma de fogo e sem chance de defesa da vítima. O crime aconteceu em agosto de 2023.

Marílio dos Santos, o “Maquinista”, líder local da facção, é apontado como mandante, junto a Ydney Carlos dos Santos. Segundo as investigações, a luta da ialorixá para manter a ordem na comunidade quilombola, passou a conflitar com os interesses do tráfico da região e impedir a expansão do comércio ilegal.

Sérgio Ferreira, padrasto de Marílio, aparece como partícipe, fornecendo informações para a execução do assassinato. Os autores dos disparos teriam sido Arielson da Conceição e Josevan Dionísio.

Deixe uma resposta

Descubra mais sobre LF News -

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading