Estudantes da rede estadual são aprovados para universidades estadual e federal pelo Sisu

 Estudantes da rede estadual são aprovados para universidades estadual e federal pelo Sisu

Depois de quase dois meses de expectativa para a publicação do resultado do processo seletivo de 2024 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Cauã Góes Santos Nascimento foi um dos estudantes que puderam dizer, aliviados e felizes, que valeram a pena os esforços e a dedicação. Além de ter sido aprovado em Medicina, na Universidade do Estado da Bahia (Uneb), ele conquistou uma vaga no curso de Direito da Universidade Federal da Bahia (Ufba), por meio do Sisu. Aos 17 anos, tendo concluído o Ensino Médio no final do ano letivo de 2023, o ex-estudante do Colégio de Aplicação Anísio Teixeira, unidade da rede estadual de ensino localizada em Salvador, se sente duplamente realizado e gratificado. A lista de aprovados pelo Sisu foi divulgada pelo Ministério da Educação (MEC) nessa quarta-feira (31).

Cauã foi aprovado em Direito na Ufba, pelo Sisu, mas sabe que não terá condições de fazer dois cursos simultaneamente. A escolha já foi feita. “Vou cursar Medicina. Estou muito feliz com as minhas conquistas. Mas vou optar pelo curso da Uneb por ser a carreira médica um caminho mais seguro e gratificante”, disse o futuro médico. Mas o favoritismo pela área teve uma motivação mais profunda. “Eu, particularmente, sou uma pessoa que depende dos sistemas públicos de Educação e de Saúde. Então, vejo de perto a necessidade de, ao me tornar médico, atuar nos serviços públicos para atender a população que deles necessita. A Medicina, na minha visão, tem um papel de transformar e proporcionar qualidade de vida para as pessoas. Portanto, desejo também fazer parte disso, através da minha futura profissão”.

Muitos dos estudantes da rede estadual aprovados no Sisu puderam contar com o Universidade para Todos, programa da Secretaria da Educação do Estado (SEC), criado para contribuir com o fortalecimento das aprendizagens e preparar os estudantes concluintes e egressos do Ensino Médio da rede pública estadual para os processos seletivos de ingresso ao Ensino Superior. Em 2023, 18.966 estudantes da rede estadual de 195 municípios, distribuídos em 311 polos nos 27 Territórios de Identidades do Estado da Bahia foram beneficiados pelo programa. O UPT é resultado de uma parceria entre a SEC e as universidades públicas estaduais (Uneb, Uefs, Uesc e Uesb) e a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (Ufrb).

Aprovado para o curso de Geografia da Uesb, Glauber de Souza Souto é testemunha dos benefícios que o UPT lhe proporcionou, como então estudante da rede estadual do município de Cândido Sales. “O Universidade para Todos é um programa completo e gratuito. O curso ofereceu todo o apoio necessário para meus estudos. Em 2023, meu conhecimento foi ampliado graças aos profissionais do UPT. Com ensino dinâmico e de extrema qualidade, os monitores mostraram diversas formas de aprendizagem e caminhos, auxiliando nos assuntos vestibulares e no meu psicológico”, celebra.

Os participantes do UPT são contemplados com atividades pedagógicas, aulões, simulados, orientação profissional, oficinas e revisões. Além disso, o UPT promoveu a formação inicial e continuada para 1.376 estudantes universitários que atuaram como monitores, bem como isentou das taxas dos vestibulares da Uneb e Uesb os cursistas que obtiveram acima de 75% de frequência nas atividades durante o programa, que é executado com recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Funcep), geridos pela Casa Civil e recursos do Tesouro. O total do investimento em 2023 do programa foi de R$ 13.046.911,10 milhões.

Deixe uma resposta

Descubra mais sobre LF News -

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading