Ex-companheiro de cela de Daniel Alves afirma que jogador fugiria para o Brasil caso recebesse liberdade provisória; entenda

 Ex-companheiro de cela de Daniel Alves afirma que jogador fugiria para o Brasil caso recebesse liberdade provisória; entenda

O caso de Daniel Alves ganhou mais um um capítulo, três dias após seu julgamento, após o programa de televisão TardeAR, de Portugal, revelar que um ex-companheiro de cela do lateral afirmou que o jogador fugiria para o Brasil caso conseguisse liberdade provisória.

O programa afirmou também que a identidade deste ex-companheiro seria revelada ainda neste fim de semana. “Se lhe concederem a liberdade provisória até o julgamento, ele vai para o Brasil de certeza”, disse o homem.

O julgamento de Daniel Alves aconteceu no último dia 7, uma quarta-feira, porém ainda não tem para divulgação da pena. Segundo a imprensa espanhola, a expectativa é de que seja anunciada a sentença em até duas semanas.

A advogada de acusação pede pena máxima de 12 anos, enquanto a promotoria pede nove anos. Já a defesa de Daniel Alves, pede a absolvição do jogador, alegando que não há provas concretas de que o sexo não foi consensual.

Durante os depoimentos, amigos e a ex-esposa de Daniel Alves alegaram que o jogador estaria embreagado, na tentativa de indicar que ele estaria com suas funções cognitivas afetadas.

A defesa de Daniel Alves ainda pediu uma liberdade condicional até que o resultado do julgamento fosse divulgado, porém o pedido não foi acatado.

Deixe uma resposta

Descubra mais sobre LF News -

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading