novembro 27, 2021

970×90

Famílias atendidas pelo SCFV recebem cestas básicas no CRAS de Itinga e Portão

Famílias atendidas pelo SCFV recebem cestas básicas no CRAS de Itinga e Portão

Acompanhada do filho mais novo, a dona de casa Gleice Kelly Sales, 28, chegou cedo a unidade do Centro de Referência da Assistência Social (Cras) de Portão, na manhã desta terça-feira (15), para retirar o kit alimentação disponibilizado para famílias de crianças e jovens assistidos pelos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculo (SCFV), mantido pela Prefeitura de Lauro de Freitas.

A alimentação, que nesta terça-feira (15) foi entregue nas unidades do CRAS de Portão e Itinga, substitui o lanche disponibilizado durante os encontros presenciais nas unidades – temporariamente suspensos para evitar a propagação da Covid-19. A distribuição dos kits ocorre mensalmente, desde abril.

Só este ano, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania (Semdesc) já entregou mais de 3 mil cestas básicas e de hortifrúti a diversos públicos atendidos nos CRAS.

Desempregada e mãe de três filhos, ela contou que o kit composto por cesta básica e itens de hortifruti será a principal fonte de alimentação da família. “Com a pandemia, eu fiquei desempregada. E esses alimentos aqui vão ajudar bastante na alimentação da minha família. É bom saber que a gente pode contar com o apoio do CRAS nesse momento difícil”, disse Gleice Kelly.

Os reflexos da pandemia também castigaram a família da cozinheira Nusicleide Silva. Mãe de dez filhos, sendo um assistido pelos serviços do Cras de Itinga, ele ressaltou que os alimentos representam uma grande ajuda, já que seus dois filhos mais velhos foram demitidos durante a crise. “Faz muita diferença lá em casa. E nessa pandemia aí esse kit já é alguma coisa e ajuda a gente economizar”, contou.

Lauro de Freitas possui cerca de 400 crianças e jovens que integram o grupo de assistidos do CRAS, que serão contemplados com a iniciativa da Semdesc, de acordo com o titular da pasta, Tito Coelho.

“É uma iniciativa da Prefeitura para que essas crianças sejam alimentadas, bem nutridas, e assim tenham ânimo e estejam motivadas para participarem de todas as estratégias estabelecidas pela nossa gestão, assim como a importância de participar do Centro de Convivência”, disse o secretário.

 

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde