janeiro 24, 2021

970×90

Fortuna dos bilionários brasileiros cresceu 39% em meio à pandemia, mostra levantamento

Fortuna dos bilionários brasileiros cresceu 39% em meio à pandemia, mostra levantamento

Mesmo em meio à pandemia do coronavírus, a fortuna dos bilionários brasileiros cresceu 39% entre abril e julho de 2020, segundo relatório do banco suíço UBS e da PwCmesmo. Desde 2009, a riqueza dos bilionários nacionais praticamente dobrou, com aumento de 99%.

O levantamento, divulgado pelo jornal Folha de S. Paulo, aponta que a fortuna dos bilionários brasileiros somava US$ 176,1 bilhões ao fim de julho (R$ 983,3 bilhões), comparado a US$ 127,1 bilhões no início de abril deste ano e US$ 66,6 bilhões em 2009.

Com esse valor, o Brasil ocupa a décima posição no ranking de países com maiores fortunas detidas por bilionários.

Lideram o ranking os Estados Unidos, onde a fortuna dos bilionários chegou em julho a US$ 3,6 trilhões (R$ 20,3 trilhões), China (US$ 1,7 trilhão, ou R$ 9,5 trilhões) e Alemanha (US$ 594,9 bilhões, ou R$ 3,3 trilhões).

Nos três países, a fortuna dos bilionários cresceu 22%, 41% e 33% entre abril e julho de 2020, o que mostra que o Brasil não está sozinho no enriquecimento dos ultra ricos em meio à emergência global de saúde pública.

No mundo como um todo, a fortuna dos bilionários chegou a US$ 10,2 trilhões (R$ 57,1 trilhões) ao fim de julho, num crescimento de 27,5% em relação a abril.

Confira a lista de 10 países onde bilionários possuem maiores fortunas

Estados Unidos – US$ 3.608,6 bilhões

China – US$ 1.680,9 bilhões

Alemanha – US$ 594,9 bilhões

Rússia – US$ 467,6 bilhões

França – US$ 442,9 bilhões

Índia – US$ 422,9 bilhões

Hong Kong – US$ 356,1 bilhões

Reino Unido – US$ 205,9 bihões

Canadá – US$ 178,5 bilhões

Brasil – US$ 176,1 bilhões

Fonte: UBS e PwC. Dados referentes a julho de 2020., diz UBS

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde