dezembro 08, 2021

970×90

Funcionários fantasmas na EBC custavam cerca de R$ 4,2 milhões por mês

Um auditoria interna feita na Empresa Brasileira de Comunicação (EBC) apontou a existência de até 300 funcionários fantasmas deixados pelo governo da presidente Dilma Rousseff (PT). Os salários variavam entre R$ 14 mil e R$ 18 mil.

Segundo o colunista Cláudio Humberto, do site Diário do Poder, o presidente da empresa, Laerte Rimoli, deve demitir os fantasmas que custam cerca de R$ 4,2 milhões por mês ao contribuinte.

A EBC tem atualmente 2.600 empregados, 185 deles em Regime Jurídico Único, oriundos da antiga e extinta Fundação Roquette Pinto.

A empresa investiga ainda casos onde o governo Dilma contratava funcionários pela estatal e os alocava em outros órgãos do governo federal.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde