setembro 25, 2021

970×90

Grávidas, puérperas e lactantes de Lauro de Freitas relatam felicidade e alívio pela retomada da vacinação contra Covid-19

Grávidas, puérperas e lactantes de Lauro de Freitas relatam felicidade e alívio pela retomada da vacinação contra Covid-19

“Não é fácil segurar a emoção de um momento tão esperado como este, ainda mais quando se está segurando nos braços a razão da minha vida”, declarou com os olhos marejados a lactante Laís Sena, ao ser vacinada com a primeira dose contra a Covid-19, na manhã desta quarta-feira (19), no drive do Aracuí, em Lauro de Freitas.

 Assim como ela, hoje grávidas, puérperas (45 dias pós-parto) e lactantes receberam a proteção do fabricante Pfizer. O plano de vacinação para esse público foi retomado no município após a suspensão da aplicação do imunizante AstraZenca por orientação do Ministério da Saúde.

Nos olhos das mães ou futuras mães foi possível notar a expressão de amor e esperança em dias melhores com a normalidade de volta. Amamentando seu bebê enquanto aguardava a vez de ser vacinada, Vanessa Fonseca descreveu a sensação como plena felicidade.

“Desde que engravidei fiquei absolutamente reclusa e ainda continuo. Essa vacina é o símbolo da nossa fé renovada em dias melhores”, disse ela que veio acompanhada da amiga também lactante. Lúcia Helena garantiu que vai continuar os cuidados mesmo após ser vacinada. “Acredito que devemos continuar mantendo o distanciamento por muito tempo ainda. Esse vírus é perigoso, todo cuidado é pouco”, falou.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, para receber a proteção são vacinadas gestantes e puérperas com comorbidades e lactantes sem comorbidades com idade acima de 18 anos devem apresentar o relatório médico contendo a liberação para tomar a dose.

Além deste público, pessoas com comorbidades com idade acima de 18 anos também foram vacinadas como a dona de casa Célia Silva que tem diabetes desde jovem. “A vacina vai nos devolver a vida novamente”, falou.

Segunda dose

A segunda dose para pessoas imunizadas com a Coronavac está sendo aplicada no drive do Colégio Dois de Julho, na Itinga. Para ser imunizado é obrigatório apresentar o cartão de vacinação que descreve a data da primeira dose e do reforço, além de documento oficial de identificação com foto.

No Município, 42.168 pessoas já receberam a primeira dose da Coronavac, Astrazeneca e Pfaiser. Dessas, 17.653 já tomara a segunda dose.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde