abril 14, 2021

970×90

Guarda municipal é afastado das atividades após agressão

Guarda municipal é afastado das atividades após agressão

O guarda municipal flagrado em vídeo na tarde de quinta-feira, 22, agredindo um motorista após um acidente de trânsito na avenida ACM, na região da Pituba, em Salvador, foi afastado das funções temporariamente.

De acordo com relato do motorista agredido, Marcelo Dias, no Facebook, ele parou após o veículo da Guarda Civil Municipal bater na lateral de seu automóvel. Ele diz que dois dos três agentes que estavam na viatura desceram armados do veículo. “Um deles apontou a arma me xingando de vagabundo e pediu minha documentação, senão ia me matar ali mesmo. Em seguida, o mesmo guarda me deu dois murros no peito. Foi quando voltei para o carro e ele me deu o soco no rosto”, disse.

Testemunhas gravaram a situação e o vídeo foi divulgado nas redes sociais de Marcelo. “Ouvi de um popular que a minha sorte é que eu estava na Pituba, pois se estivesse em uma comunidade carente seria pior…”, relatou ele, afirmando que cerca de 50 pessoas flagraram a agressão.

Por conta da agressão, Marcelo não pôde acompanhar sua esposa, grávida de quatro meses, para um exame de ultrassonografia. Ele seguiu para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) dos Barris, onde foi constatado uma fratura no nariz.

Marcelo promete entrar com uma ação na Justiça por danos morais e material. “Não vou usar dessa situação para me beneficiar. Mas Quero que ele pague o arranhão na lateral do meu carro, e pelo abuso de autoridade e agressão”, completou.

Segundo informações da assessoria da Guarda Civil Municipal, o órgão iniciou a apuração, por meio de um processo administrativo que pode culminar na expulsão do guarda da corporação.

 

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde