abril 10, 2021

970×90

Guto comemora goleada do Bahia e defende Hernane das vaias

Guto comemora goleada do Bahia e defende Hernane das vaias
A goleada sobre o Tupi (MG), neste domingo (9), reacendeu as esperanças do Bahia de conquistar o acesso à Série A. Após a partida, na Arena Fonte Nova, Guto Ferreira afirmou que não ficou surpreso com o placar elástico e comemorou.
 
“Hoje, no futebol, nada mais surpreende. Nós entramos com uma estratégia de poder conseguir, através da pressão, fazer os gols que nos desse tranquilidade. Fizemos o primeiro, não paramos de pressionar, fizemos o segundo, não paramos de pressionar e fizemos o terceiro. Depois, começamos a segurar um pouco, manter a posse, para não arriscar o tempo todo. Administramos”.
 
O técnico, porém, lamentou por não conseguir repetir o desempenho fora de casa. “Fora de casa não consegue vencer. Só venceu duas e empatou algumas. Uma série de dificuldades que tem fora de casa e aqui se transforma e melhora”.
 
O treinador também aproveitou para sair em defesa de Hernane, mais uma vez cobrado e vaiado por parte da torcida. “Será que ele merece toda essa pressão? Será que ele não tem consciência? Será que ele não se cobra? O cara está trabalhando pra caramba. A função dele não se resume só em fazer o gol. Nós estamos ganhando por 4 a 0 e o torcedor fica pedindo para tirar o Hernane? Vamos ter paciência. Não é assim. Queira, ou não queira, o Hernane é uma referência. A zaga se preocupa com ele, ai os outros vão e fazem os gols. Esta vem se cobrando muito e vai fazer o gol na hora certa. Ele vai fazer o gol da classificação”.
 
Por fim, Guto manteve seu otimismo e projetou o final de ano para o Tricolor. “Faltam oito (jogos). Vamos trabalhar para ganhar o máximo possível e no dia 26 bater no peito e poder dizer: o Bahia hoje está na primeira divisão”.
Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde