julho 06, 2020

970×90

Hackers tentam cadastrar dono da Havan em auxílio emergencial e descobrem que ele já recebia os R$ 600

Hackers tentam cadastrar dono da Havan em auxílio emergencial e descobrem que ele já recebia os R$ 600

Após integrantes do grupo hacker Annonymous vazarem os dados do presidente Bolsonaro e de apoiadores, internautas descobriram nesta terça-feira (2/6) que Luciano Hang, dono da empresa Havan, estava recebendo o auxílio emergencial de R$ 600. 

Com o vazamento dos números de CPF e cartão de crédito, algumas pessoas aproveitaram os dados para fazer cadastros em diversos sites, como a filiação do presidente e seus filhos no Partido dos Trabalhadores (PT). No entanto, segundo a revista Veja, ao tentar cadastrar o dono da Havan para receber o “coronavoucher”, a resposta foi de que o empresário bilionário já estava registrado no programa.

O sistema da Caixa teria informado que Hang já recebeu a primeira parcela do benefício, mesmo não sendo trabalhador informal ou com baixa renda. Em nota à revista, o empresário disse que condena o vazamento de dados pelo Anonymous e pede investigações à Polícia Federal, tanto pela divulgação de suas informações pessoais, como no cadastro indevido ao auxílio.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde