junho 04, 2020

970×90
970×90

Hospital em Manaus empilha corpos de vítimas do coronavírus em contêiner

Hospital em Manaus empilha corpos de vítimas do coronavírus em contêiner

Um contêiner de frigorifico precisou ser instalado, na madrugada dessa setxa-feira (17), em um hospital de Manaus para armazenar os corpos das vítimas mortas por Covid-19.

O necrotério da unidade está lotado e por isso os cadáveres estavam sendo deixados ao lado de pacientes vivos.

Segundo o governo estadual do Amazonas a câmara vai acondicionar corpos de mortos por Covid-19 no Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, que tem sofrido com a falta de espaço.

Até a quinta-feira (16), 1.719 casos confirmados do novo coronavírus, e 124 pessoas já tinham morrido no estado do Amazonas.

O João Lúcio não é o primeiro hospital a receber a instalação de câmara frigorífica. O Hospital Delphina Aziz, centro de referência para tratamento do coronavírus em Manaus, instalou uma câmara no seu estacionamento no início do mês.

Na manhã desta sexta-feira (17), uma equipe da Marinha realizou a descontaminação de áreas ‘críticas’ do hospital. Segundo o órgão militar, a mão de obra foi requisitada por meio de ofício do próprio hospital, que forneceu o material necessário para a limpeza.

A instalação da câmara aconteceu após um vídeo que mostra corpos em saco plásticos deixados em leitos ao lado de pacientes em tratamento viralizar.

Os mortos estavam com suspeita de Covid-19. O motivo dos corpos estarem no mesmo ambiente que outros pacientes não foi divulgado pela unidade de saúde, ou pela secretaria.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde