setembro 22, 2019

970×90

Janguiê Diniz, reitor da UNINASSAU, em busca de convênios com a Rússia

Janguiê Diniz, reitor da UNINASSAU, em busca de convênios com a Rússia

As parcerias de intercâmbio foram firmadas pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) e a Associação das Universidades da Rússia (Anvuz), em Moscou
 

A Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) e a Associação das Universidades da Rússia (Anvuz) estiveram reunidas na International University in Moscow (MUM), em Moscou, para dar início à agenda de visitas às instituições russas.  
O encontro faz parte da 1ª Delegação ABMES Internacional – Russia Experience, que reuniu uma comitiva brasileira, formada por reitores e diretores de faculdades, centros universitários e universidades, para conhecer de perto as formas de atuação das instituições. A abertura foi realizada pelo presidente da ABMES, Janguiê Diniz; e pelo presidente da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, deputado Caio Narcio (PSDB/MG), que saudaram a hospitalidade dos anfitriões e apresentaram os números da educação superior no Brasil. Na ocasião, o presidente da Anvuz, Vladmir Zernov, falou da satisfação de ter a missão brasileira em Moscou e abriu oficialmente os trabalhos.
De acordo com o reitor UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau e Fundador do Grupo Ser Educacional, Janguiê Diniz, a Delegação está sendo muito importante para o fortalecimento da cooperação com os diversos programas educacionais oferecidos pela Rússia. “Um dos objetivos da Delegação é conhecer os programas desenvolvidos pelas universidades russas. Pretendemos expandir os convênios que já existem entre as instituições públicas e privadas, para que exista uma troca de experiência entre os estudantes de ambos os países. A partir daí os convênios firmados vão depender da área do conhecimento que as instituições desejam atuar, como por exemplo, Medicina, Direito, Engenharia… Temos certeza que os intercâmbios educacionais gerados a partir das parcerias, será bastante enriquecedor para todos os envolvidos”, concluiu.
Durante as visitas, reitores de universidades russas apresentaram suas instituições, localizadas em diferentes regiões do país, como a própria Moscou e Kazan. Pelo lado brasileiro, foram demonstradas as formas de atuação das instituições, com foco no uso da tecnologia e os desafios para os próximos anos, como o cumprimento do Plano Nacional de Educação.
A programação da 1ª Delegação ABMES Internacional inclui ainda oficinas temáticas, visita a Embaixada do Brasil na Rússia e as Universidades de São Petersburgo, além de passeios nos principais pontos turísticos das duas cidades russas. A jornada encerra no dia 10 de setembro.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde
%d blogueiros gostam disto: