junho 13, 2021

970×90

Jaques Wagner afirma que o PT terá um resultado positivo nas eleições de 2018

Na manhã desta segunda-feira (5), o ex-governador Jaques Wagner e agora coordenador executivo do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (Codes), acredita que o PT não chegou ao fim apesar da queda nas eleições deste ano. “O PT teve uma perda nesse processo eleitoral, fruto do que foi investigado, muitas vezes exagerados. O erro tem que ser superado e corrigido. O saldo da conta do PT como partido de 36 anos é um saldo altamente positivo. A gente precisa fortalecer o município e o estado, por isso vim para cá. Creio que em 2018 a gente terá um resultado positivo”, disse na Rádio Metrópole. 

Ainda na oportunidade, Wagner negou a possibilidade de ser presidente do partido. “Eu já disse que o PT já tem presidente de fato que é ele. Dentro do PT as pessoas sempre vão a ele. Não adianta colocar um presidente sendo que todo mundo vai lá consulta-lo”, afirma. 

 

Durante um evento em São Paulo, neste fim de semana, Lula disse que os processos que responde são uma tentativa de afastá-lo das eleições de 2018. “Estão criminalizando o PT e já vimos isso no Brasil e no mundo. O (presidente Michel) Temer é um constitucionalista. Ele sabe que não poderia ter golpe contra a (ex-presidente) Dilma (Rousseff). Era necessário acabar com a trajetória do PT. Porque se a Dilma conclui o mandato, se vem Lula, vão fazer os 20 anos de governo com que os tucanos sonhavam. Então, precisa acabar (o PT). (…) ‘Roubar o mandato dela e deixar esse Lula voltar a ser presidente é demais’. O objetivo deles é evitar 2018. E é isso que mexe comigo. Que me dá cócegas”, disse Lula.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde