janeiro 19, 2020

970×90

Jaques Wagner diz que base do governo deve decidir candidatura no início de fevereiro

Jaques Wagner diz que base do governo deve decidir candidatura no início de fevereiro

O senador Jaques Wagner (PT) comentou a possibilidade da base do governador Rui Costa (PT) definir mais cedo a candidatura que fará frente a Bruno Reis (DEM) na disputa pela prefeitura de Salvador. Em entrevista hoje (16) durante o cortejo da Lavagem do Bonfim, o bloco partidário pode anunciar uma candidatura no festejo de 2 de fevereiro, Dia de Iemanjá.

“A política segue o rumo da naturalidade. Não havia um número que aglutinasse. Mas a fruta vai dar certo no tempo certo. A base do governo vai definir se vão ser dois, três ou quatro candidatos. A base cresceu e se consolidou muito. Vislumbro que a gente possa disputar. Em 2008 tinha três ou quatro candidatos e fomos ao segundo turno. Na eleição, o povo começa a se interessar em agosto e outubro”, disse o petista.

“Muita gente foi dormir achando que estava eleito em 2008 e acordou sem eleição. Está encaminhando, Rui está dirigindo o processo. Em Iemanjá deveremos ter já uma definição. Do PT, se tiver, é uma só”, acrescentou. 

Wagner não quis cogitar nomes que podem compor a chapa majoritária pela prefeitura. Segundo ele, ainda existem conversas para chegar a um consenso. “Não dá para fazer premonição. Os partidos vão sentar e conversar. Todo mundo quer ser o candidato. Na hora certa as pessoas vão definir. Alguém vai retirar porque não devemos ir com quatro candidatos”, afirmou o senador. 

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde
%d blogueiros gostam disto: