Jerônimo anuncia abertura de licitação para duplicação da Via Barradão, em Salvador

 Jerônimo anuncia abertura de licitação para duplicação da Via Barradão, em Salvador
Durante visita ao Estádio Manoel Barradas, na manhã desta segunda-feira (24), o governador Jerônimo Rodrigues anunciou a publicação do edital de licitação para as obras de duplicação da Via Barradão, no Diário Oficial do Estado da Bahia, desta terça-feira (25). A obra será realizada pela Companhia de Desenvolvimento Urbano (Conder), empresa vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado (Sedur), com investimento de R$ 12 milhões.
A intervenção compreende 1,2 quilômetro da Rua Artêmio Valente, no trecho da Praça Júlio Rêgo até a Avenida Mário Sérgio, no bairro de Canabrava, em Salvador. Na ocasião, o governador pontuou que o projeto é uma continuidade à estratégia de ampliação da mobilidade nos bairros mais populosos da capital baiana, permitindo melhor acesso ao sistema de transporte público da cidade.
“O investimento para o bairro de Canabrava surgiu a partir do diálogo com as associações envolvidas e moradoras dessa região, além de ser uma demanda concreta do Esporte Clube Vitória, já que todos os dias de jogo de futebol a mobilidade fica prejudicada, tanto para os torcedores quanto para os profissionais, ambulantes, vendedores e moradores”, declarou o governador.
O presidente da Conder, José Trindade, destacou a abrangência da obra e os benefícios para a população. “A obra contará com a duplicação da via, em que serão implantadas duas faixas em cada sentido, além da construção de canteiro central, duas faixas de ciclovia, urbanização e iluminação, permitindo melhor acesso ao Barradão, e principalmente o acesso a todo mundo que mora neste entorno aqui de Canabrava, Trobogy, Pau da Lima e toda a região vizinha”, explicou Trindade.
Moradora do Vale dos Lagos, bairro vizinho ao Barradão, e frequentadora assídua do estádio do Esporte Clube Vitória, a representante da torcida Leão Chopp, Clarissa Albergaria comentou sobre a expectativa da intervenção. “É um alívio para questão da acessibilidade. Realmente, além do bairro ser populoso, tem a questão da viabilidade nos eventos do estádio, e também para Salvador, porque é uma via de bifurcação para outras partes da cidade. Então é política pública de acessibilidade para cidade inteira”, opinou a torcedora.

Descubra mais sobre LF News -

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading