Jerônimo Rodrigues nega racha interno e defende senador após crise por voto contra STF: “Wagner não tá jogando contra”

 Jerônimo Rodrigues nega racha interno e defende senador após crise por voto contra STF: “Wagner não tá jogando contra”

O governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT), saiu em defesa do senador do PT da Bahia, Jaques Wagner, por voto a favor contra decisões monocráticas no Supremo Tribunal Federal em circunstância específicas, envolvendo PL e decisões executivas e legislativas.

“De forma nenhuma, não há racha. O próprio Lula disse, o ministro Rui Costa disse. No Senado, qualquer senador tem sua autonomia. Tem um alinhamento com o governo, tem um alinhamento com o partido, mas tem autonomia. Todo mundo conhece a trajetória de Wagner, a responsabilidade dele tanto com o povo brasileiro, como com o governo Lula. Todo mundo viu aqui, sabe como foi a dedicação do Wagner pra eleger o Lula. Então, o Wagner não tá jogando contra”, ressaltou o governador da Bahia.

Ao defender a liberdade de consciência dos parlamentares, o chefe do executivo estadual citou como exemplo a situação da Bahia: “Inclusive aqui dentro da bancada da Alba eu sempre chamo, converso, mas eu não posso botar corda pra que um voto seja sempre daquele formato que é”.

Independência

Jerônimo Rodrigues defendeu autonomia e independência na relação entre os poderes.

“E a relação com o Supremo, com o governo federal e com o Senado tem que ser harmoniosa, como às vezes acontece uma votação no STF que busca uma tranquilidade, ou algum acerto, e nem sempre agrada ao Congresso, ao governo federal e estadual”, concluiu o gestor.

Descubra mais sobre LF News -

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading