dezembro 07, 2021

970×90

Jovens tem uma visão negativa das instituições políticas, mas se mostram otimistas com o futuro

Jovens tem uma visão negativa das instituições políticas, mas se mostram otimistas com o futuro

Jovens nascidos entre 1985 e 1999 estão descrentes com as instituições brasileiras. Pelo menos é o que indica o estudo “Jovens Digitais: Geração Transformadora”, realizado pelo Mind Miners, empresa especialista em pesquisa digital.

Uma parcela (62%) da Geração Y tem uma opinião negativa ou muito negativa quanto ao Senado Federal. No que diz respeito ao Congresso, a insatisfação é um pouco maior: 65%.

Salvam-se o STF, com 35% de avaliação negativa e 31% neutra, respectivamente, e a Polícia Federal, com 47% de respostas a avaliando positivamente.

Quantos aos partidos, 38% dos entrevistados disse que não há diferença entre as propostas das legendas.  17% deles se definem como liberais e 9% são conservadores.

Ainda assim, mesmo timidamente, eles se mostram otimistas com o futuro. 57% dos jovens afirmaram que os melhores anos do país ainda estão por vir. A pesquisa foi divulgada ontem no Cronarec.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde