junho 13, 2021

970×90

Junho solidário: SPM oferece serviços para mulheres em um só lugar. Hemóvel também está disponível até sexta-feira (11)

Junho solidário: SPM oferece serviços para mulheres em um só lugar. Hemóvel também está disponível até sexta-feira (11)

A Prefeitura de Lauro de Freitas, por meio da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SPM) deu início, na manhã desta terça-feira (08), ao Mutirão da Mulher no Junho Solidário. A ação, que segue até sexta-feira (11), reúne serviços nas áreas de saúde e cidadania para mulheres, em Vilas do Atlântico. No local também é possível doar sangue através do Hemóvel.

A iniciativa da pasta disponibiliza uma série de serviços gratuitos, como o balcão de oportunidades, com orientações para quem deseja voltar ao mercado de trabalho; roda de conversa sobre como se comportar em entrevista de emprego; orientação jurídica e nutricional em parceria com a Faculdade Maurício de Nassau; oficinas de empreendedorismo e beleza; além de serviços de saúde, com vacinação, aferição arterial e teste rápido de glicemia.

A prefeita Moema Gramacho conversou com a doadora de sangue Sueli Santos e parabenizou a pasta pela realização do Junho Solidário. “Eu agradeço a todos aqueles que estão aqui hoje compreendendo a importância da doação de sangue, e que isso pode salvar várias vidas. Nesse momento difícil que estamos vivendo, é lindo ver a solidariedade de todas essas pessoas. Parabéns!”, disse Moema.

Tranquila durante a doação, Sueli aproveitou o momento para fazer um convite a outras pessoas. “Doar é um ato de amor e a gente está precisando de amor, de muito sangue. Venham doar, é pertinho e fácil de chegar”, comentou.

Juçara Neves, titular da SPM, também destacou a importância da doação de sangue. “Doar sangue é um gesto de amor e solidariedade. Por isso, convido todos os munícipes de Lauro de Freitas para aproveitar o Hemóvel aqui na secretaria e vir doar sangue”, disse.

Saúde e cidadania

Antenado nas redes sociais, o estudante Adriano Rodrigues, 21, soube que o Hemóvel estaria no local na tarde de ontem. Ele fez questão de ir ao local cedo para realizar a primeira doação de sangue da sua vida. “Estou radiante em saber que através de uma iniciativa simples, posso ajudar a salvar até quatro vidas. É muito significante”, comemorou.

Moradora do Caji, a assistente administrativa Fabiana Alves, 23, foi ao local acompanhada das amigas. Em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho, a jovem assistiu atentamente a roda de conversa com dicas para entrevista de emprego, foi ao balcão de oportunidades e, ao final, aproveitou para fazer o acompanhamento nutricional. “São vários serviços em um só lugar e isso é muito bom, principalmente para aquelas pessoas que estão em busca de emprego. É uma mão na roda”.

O Junho Solidário, para a estudante Suelen Almeida, 30, moradora de Itinga, é ainda mais importante durante a pandemia. “Em uma manhã a gente consegue ter acesso a vários serviços. Tudo de graça e com muita qualidade”, comentou.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde