abril 09, 2020

970×90

Lauro de Freitas prepara rede de saúde para atender casos suspeitos de coronavirus (Covid-19)

Lauro de Freitas prepara rede de saúde para atender casos suspeitos de coronavirus (Covid-19)

A prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, se reuniu na tarde desta sexta-feira (28/02) com o secretário de Saúde, Vidigal Cafezeiro, e equipe técnica para avaliar as ações que já vêm sendo realizadas no município visando a prevenção e o atendimento de casos do novo coronavírus (Covid 19) que possam vir a acontecer no município mesmo sendo suspeitos.

Uma Nota Técnica com informações sobre a doença foi distribuída pela Secretaria local para as redes de saúde pública e privada do município. A Nota Técnica está disponibilizada no site da Prefeitura www.laurodefreitas.ba.gov.br. Desde janeiro, profissionais de saúde recebem capacitações para identificar e atender os moradores que apresentem sintomas.

Na próxima semana, médicos e enfermeiros participam de mais uma atualização com o infectologista Antônio Carlos Bandeira, e agentes comunitários de saúde e de endemias vão reforçar as ações de orientação à população. Na visita às casas, além de informar sobre prevenção e sintomas, indicarão locais onde poderão ser atendidos em caso de suspeita da doença.

Na reunião também foi feito um balanço do estoque de medicamentos e dos equipamentos que serão disponibilizados como referência no atendimento. A prefeita também determinou medidas para sensibilizar a população sobre a necessidade de higienização das mãos. Os empreendimentos privados que atendem o público serão orientados a disponibilizarem em locais de fácil acesso, álcool gel ou outros produtos de higienização recomendados pelas autoridades sanitárias.

Ainda no mês de março será realizada no município, mais uma vez, a campanha de vacinação contra a gripe H1N1. A vacinação, além de prevenir outras arboviroses, pode agilizar o diagnóstico do Covid 19 pela exclusão de outras formas de gripe.

A Prefeitura reforça que até o momento, apesar de já ter sido confirmado um caso da doença no Brasil, a população não deve entrar em pânico. Ao contrário, deve seguir as orientações da Secretaria de Saúde municipal quanto á higienização e buscar o atendimento médico se sentir os sintomas.

ASCOM PMLF

28/02/2020

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde