julho 30, 2021

970×90

Lauro de Freitas realiza mais de 460 testes para a Covid-19 em barreiras sanitárias

Lauro de Freitas realiza mais de 460 testes para a Covid-19 em barreiras sanitárias

Do total de 463 testes rápidos realizados nas barreiras sanitárias montadas pela Secretaria Municipal de Saúde (SESA) em quatro bairros de Lauro de Freitas nesta terça-feira, 61 pessoas testaram positivo para a Covid 19. A ação, no Largo do Caranguejo, na Itinga, e nas unidades de Saúde da Família (USF) Antônio Carlos Rodrigues, em Areia Branca, Manoel José Pereira, no Capelão, e Padre João Abel, no Jambeiro, fazem parte da estratégia do município para conter o avanço da doença. Além da testagem rápida, com resultado em até 15 minutos, os munícipes também aferiram a temperatura e tiveram outros sintomas da doença verificados pelas equipes de saúde disponíveis nos locais.

A iniciativa foi programada estrategicamente no período que antecede os festejos juninos para inibir a propagação do vírus, explicou a prefeita Moema Gramacho, que foi conferir de perto o funcionamento do posto no Largo do Caranguejo. “É para alertar a população de que não podemos dar qualquer vacilo nesse período. Com a testagem, vamos eliminando o foco do convívio com outras pessoas. Nós queremos alertar a população”, disse a gestora.

Moema comentou ainda sobre a celeridade da vacinação no município. “Só a vacina é capaz de melhorar essa situação. Chegando vacina, não tem domingo nem feriado. A vacina vai direto para o braço do povo. Vamos vacinar quando chegar a vacina e testar nos intervalos de vacinação”.

A descentralização nas testagens evita a superlotação dos pontos fixos instalados no município, principalmente em períodos festivos, conforme explicou o titular da SESA, Augusto César Nascimento. “Isso acontece porque depois das festas todos deixam para testar no mesmo dia, na mesma hora. A barreira sanitária ajuda a diminuir a pressão no nosso sistema de saúde. Essa ideia de trazer o teste rápido para as praças e postos de saúde é também para identificar os assintomáticos ou com sintomas leves para cumprirem quarentena”.  Nesta terça-feira, por exemplo, a procura por testagem no PA Santo Amaro de Ipitanga foi baixa devido às barreiras montadas pela Prefeitura.

População aprova a iniciativa

Do ônibus, o vendedor Danilo Barreto, 32, viu a iniciativa e logo pediu ao motorista para descer no próximo ponto para realizar a testagem. “Fiz o teste só para tirar a dúvida mesmo. Vi que estava vazio e resolvi passar nessa importante ação durante a pandemia”, elogiou. 

Diferente de Danilo, o marceneiro Josevaldo Gomes, 42, começou a apresentar sintomas da doença há dez dias. Morador do Centro, ele soube da iniciativa através das redes sociais da Prefeitura. “Aproveitei que amanheci me sentindo melhor e decidi vir aqui fazer o teste só para ter certeza que o que eu sinto tem a ver com o vírus”, comentou. 

Mãe e filha foram juntas realizar a testagem no ponto de Itinga. Fernanda Bastos, 39, e Gabriela Bastos, 12, anos elogiaram a rapidez no atendimento. “Passamos menos de dez minutos aguardando a triagem até fazer o teste. Estão de parabéns pela ação e pelo bom e rápido atendimento”.

Todos os casos positivos da doença foram avaliados pela equipe médica e medicados, quando necessário. Os pacientes positivados também receberam  orientação para cumprir a quarentena. A iniciativa já contemplou outros bairros, a exemplo de Caji-Vida Nova, Chafariz e Portão. A partir da próxima semana, a previsão é levar a barreira sanitária a Vilas do Atlântico e Centro. 

 

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde