janeiro 17, 2022

970×90

Lauro de Freitas supera meta na vacinação de idosos contra H1N1 duas semanas antes do final da campanha

Lauro de Freitas supera meta na vacinação de idosos contra H1N1 duas semanas antes do final da campanha

Lauro de Freitas superou, mais uma vez, a meta na vacinação de idosos contra o vírus influenza. O índice estabelecido pelo Ministério da Saúde é de 90%. Até o início desta segunda-feira (15), 11.377 pessoas de uma população de 12.239 com idade acima de 60 anos (92,96%), já tinham sido imunizados contra a gripe no município. A 22ª campanha nacional segue na terceira e última fase até dia 30 de junho em dez Unidades de Saúde da Família (USF).

A secretária da Saúde, Maria Isabel Andrade, lembra que na primeira fase da campanha, em março, as equipes de enfermeiros, técnicos e agentes de saúde visitaram as casas de idosos acamados, domiciliados ou com mobilidade reduzida bairro a bairro. Além disso, todos os idosos residentes das Instituições de Longa Permanência (ILPs) receberam a proteção. “Priorizamos esse público por conta da alta vulnerabilidade”, disse.

A campanha segue até o final deste mês. Para ser vacinado basta comparecer a Unidade de Saúde do Parque São Paulo, Vila Nova, Noel Alves, Cidade Nova, João Abel, Manoel José Pereira, Tarumã, Jardim Independência, Antônio Carlos Rodrigues ou escola municipal Mariza Pitanga, munidos de documento com foto e cartão de vacinação.

A imunização é trivalente, protege contra o vírus influenza A (H1N1 e H3N2) e B, sendo contraindicada para pessoas com alergia a ovo ou que estejam com quadro febril. Até o momento, o município já vacinou mais de 40 mil pessoas componentes dos demais públicos alvos como professores, grávidas, puérperas, motoristas, profissionais de saúde, salvamento e segurança, pessoas com idade acima de 55 anos, crianças de seis meses a menores de seis anos, deficientes e doentes crônicos.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde