setembro 22, 2019

970×90

Lava Jato na Bahia: PF prende cunhado de Marcelo Odebrecht; casal também é alvo

Lava Jato na Bahia: PF prende cunhado de Marcelo Odebrecht; casal também é alvo

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quarta-feira (21) a 63ª fase da Operação Lava Jato. Segundo a PF, são cumpridos dois mandados de prisão temporária e 11 mandados de busca e apreensão em São Paulo e na Bahia.

Entre os alvos da operação estão Maurício Ferro e o advogado Nilton Serson. Conforme o G1, até as 7h, apenas Ferro, ex-diretor jurídico da Odebrecht e cunhado de Marcelo Odebrecht, tinha sido preso. Segundo a PF, esta fase investiga a suspeita de pagamentos periódicos por parte da Odebrecht a dois ex-ministros identificados na planilha da empreiteira como “Italiano” e “Pós-Itália”. Em depoimento, Marcelo Odebrecht afirmou que “Italiano” se referia ao ex-ministro Antônio Palocci e “Pós-Itália” era Guido Mantega. O pagamento da propina tinha como objetivo, entre outras coisas, a aprovação de medidas provisórias que instituiriam o programa chamado de Refis da Crise.

Os mandados apuram crimes de corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro. Segundo a Polícia Federal, foi determinado o bloqueio de R$ 555 milhões. Há indicativos de que parte dos valores indevidos teria sido entregue a um casal como forma de dissimulação da origem do dinheiro.

Os presos serão levados para a sede da PF em São Paulo, e posteriormente trasladados para a Superintendência do Paraná, onde serão interrogados. Será concedida coletiva de imprensa às 10h no auditório da Superintendência Regional da PF em Curitiba-PR.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde
%d blogueiros gostam disto: