agosto 05, 2021

970×90

Mais de 160 profissionais da educação foram vacinados em Lauro de Freitas neste sábado (24)

Mais de 160 profissionais da educação foram vacinados em Lauro de Freitas neste sábado (24)

A professora Maria Aleide Mota Pereira não segurou a emoção ao receber a primeira dose da vacina Oxford/Astrazeneca contra a COVID-19. Ela faz parte dos 161 profissionais da educação vacinados em Lauro de Freitas neste sábado (24). “Para mim hoje é um momento histórico, estamos vivendo dias muito difíceis, com muita gente morrendo, então só Deus para dizer o que estou sentindo agora. Tive muito medo de não estar aqui hoje, mas deu tudo certo”.

 

Idosos com 60 anos ou mais também foram vacinados contra a COVID-19 no município neste sábado. No total, 213 pessoas receberam a primeira dose da vacina e outras 217 a segunda dose do imunizante. A inclusão dos profissionais da educação partiu de uma decisão da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), instância deliberativa da Secretaria Estadual da Saúde (SESAB) que reúne representantes dos 417 municípios do Estado.

 

A vacinação está suspensa neste domingo (25) para todos os públicos. Na segunda (26), das 8h às 12h haverá aplicação da primeira dose para idosos de 60 anos ou mais e profissionais da Educação com idade entre 55 e 59 anos, nos drive-thrus do Ginásio do Aracui, na Quadra da Escola Dois de Julho, na Itinga, Terminal de Portão e Escola Esfinge, em Areia Branca. À tarde, das 14h às 16, os drives do Aracui e da Itinga estarão abertos para aplicação da segunda dose.

 

“As pessoas ficam esperançosas ao receber a vacina, e nada mais justo que vacinar também os profissionais da educação. Assim que chegamos ao final da primeira etapa com idosos com 60 anos, destinamos uma parte da vacina para este público, além de outros que temos incluído, como policiais militares e guardas municipais. O Ministério da Saúde tem enviado poucas doses, então estamos nos valendo do que temos, sempre analisando a demanda do público prioritário e de outros que possam ser incluídos”, declarou o secretário municipal de Saúde, Augusto César Pereira.

 

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Lauro de Freitas (ASPROLF), Valdir Silva, também destacou a importância da vacinação dos profissionais da área. “Quero parabenizar a CIB, a Prefeitura de Lauro de Freitas e o Governo do Estado por tomarem a atitude de vacinar os profissionais da educação. Essa decisão merece todo o nosso respeito, porque se depender do governo federal nós não temos perspectiva nem esperança”.

 

Segunda dose

Vacinado com a segunda dose da Coronavac neste sábado (24), Francisco Pereira Araújo está se sentindo mais seguro. “Com a segunda dose fico mais tranquilo, mas o principal não é só tomar a vacina, é ter cuidado e evitar aglomerações. Continuo trabalhando porque a gente não vai conseguir sobreviver com este auxílio do governo federal, porque é muito pouco, mas uso máscara o tempo todo, nem gripe normal eu pego mais por causa desses cuidados”.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde