dezembro 06, 2021

970×90

Mesmo com ampliação do público-alvo, vacinação contra a Covid-19 segue tranquila em Lauro de Freitas

Mesmo com ampliação do público-alvo, vacinação contra a Covid-19 segue tranquila em Lauro de Freitas

Sorrindo e agradecendo aos céus, a professora de filosofia Soraia Borges manifestou sua satisfação em tomar a primeira dose da vacina contra a Covid-19 na manhã desta segunda-feira (03), em Lauro de Freitas. Docente há mais de 30 anos, ela disse que o momento é um dos mais esperados de toda sua vida. “Tomar essa vacina hoje é mágico para mim, ainda mais partindo do SUS. Nosso ideal é que seja estendido para todos. A felicidade é tanta que nem senti a dor da agulha”, disse rindo.

Durante toda esta segunda, o fluxo seguiu tranquilo nos quatro pontos de vacinação, o que foi elogiado por quem procurou os imunizantes. “Maravilha, nem cinco minutos demorei para tomar a vacina, além do atendimento super zeloso da equipe. Os enfermeiros têm cuidado e nos mostram nossa dose para que a gente também possa verificar”, observou a professora Roberta Lopes, que chegou a pé no Ginásio de Esporte do Aracuí e recebeu a primeira dose da AstraZeneca.

Emocionado, Ricardo Rosa, de 38 anos, contou que perdeu duas pessoas próximas por causa de complicações da Covid-19. O analista de planejamento é cardiopata desde o nascimento e tomou a primeira dose acompanhado da esposa. “Como sou integrante do grupo de risco, estou trabalhando de forma remota. Há um ano praticamente não saio de casa, somente em casos muito necessários. Receber hoje essa proteção para mim é um alívio muito grande”, contou.

Sensação semelhante descreveu o jovem Vinicius Kainan de 30 anos. O engenheiro tem uma doença no coração e de acordo com ele, qualquer hospedeiro pode ser fatal para sua saúde. “Eu tenho muito medo de me contaminar e tento de todas as formas estar sempre alerta, porque as minhas chances de que a Covid-19 evolua para um quadro grave em meu organismo é grande, caso eu pegue. A vacina é uma esperança, esperança de que possamos continuar vivendo”, falou.

Lauro de Freitas já vacinou mais de 34 mil pessoas com a primeira dose. Atualmente mais de 13 mil pessoas estão imunizadas, ou seja, completaram o ciclo com dose de reforço.

Assim como profissionais da educação, em Lauro de Freitas outros públicos estão inclusos nesta etapa da campanha de vacinação contra a Covid-19 e podem se dirigir a um dos drive-thrus das 8h às 15h no Ginásio de Esportes do Aracuí, na Escola Municipal Dois de Julho, Terminal de Transportes de Portão, ao lado do CIMU, e na Escola Esfinge, em Areia Branca. É necessário apresentar documentações específicas para cada público e cartão SUS, documento de identificação com foto e comprovante de residência.

 

Nesta terça-feira (04), o público alvo são os mesmos de hoje, só muda a idade.

Pessoas com comorbidades – 18 anos ou mais

Enquadram-se neste grupo pessoas com doenças renais crônicas em tratamento de hemodiálise, síndrome de down, transplantados, pneumopatia crônica grave, insuficiência cardíaca, cor-pulmonale e hipertensão pulmonar, cardiopatia hipertensiva, síndromes coronarianas, valvopatias, miocardias e pericardipatias, doenças da aorta, dos grandes vasos e fístula arteriovenosa, arritmias cardíacas, cardiopatias congênitas no adulto, prótese valvares e dispositivos cardíacos implantados, pacientes oncológicos, pessoas com outras doenças renais crônicas, obesidade mórbida, doença cerebrovascular, doenças hepáticas crônicas / cirrose hepática.

Pessoas com comorbidades – 55 anos ou mais

Hipertensão arterial, hipertensão arterial estágio 3, hipertensão arterial estágio 1 e 2 com lesão no órgão alvo, diabetes mellitus, anemia falciforme.

Pessoas vivendo com HIV – 18 anos ou mais

Local de vacinação: Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA).

*Todos os integrantes do público de comorbidades devem apresentar além dos documentos habituais, relatório assinado e contendo o CRM do médico.

Vacinação dos acamados

As pessoas com deficiência, portadores de comorbidades e idosos acamados podem agendar para receber a vacina em casa, através do telefone 3369-9922. Pessoas que já receberam a primeira dose, não precisam ligar novamente para agendar. O retorno da equipe de saúde será feito automaticamente, de acordo com a data de reforço programada no sistema.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde