Ministério da Saúde incorpora vacina da dengue no SUS

 Ministério da Saúde incorpora vacina da dengue no SUS

O Ministério da Saúde decidiu incorporar a vacina da dengue ao Sistema Único de Saúde (SUS). O anúncio foi feito na tarde desta quinta-feira (21) pela ministra da Saúde, Nísia Trindade, nas redes sociais.

Ainda de acordo com Nísia, a vacinação com o novo imunizante deve começar em fevereiro de 2024.

“Incorporamos a vacina da dengue ao #SUS. O Brasil será o primeiro país com sistema universal como o nosso a dar acesso público a ela”, escreveu a ministra no X (antigo Twitter).
O registro da Qdenga (TAK-003), do laboratório japonês Takeda Pharma, foi aprovado pela Anvisa em março deste ano.

A vacina japonesa é a primeira liberada no Brasil para pessoas que nunca entraram em contato com o vírus da dengue.

De acordo com a Anvisa, a Qdenga é indicada para a faixa etária de 4 a 60 anos e é aplicada em um esquema de 2 doses, com intervalo de 3 meses entre as aplicações.

A vacina japonesa é composta por 4 sorotipos diferentes do vírus causador da dengue e ela também poderá ser aplicada em quem já teve a doença.

Não há distinção entre quem teve ou não a dengue, desde que esteja dentro da faixa etária estipulada pela Anvisa para aplicação das doses.

Até então, a única vacina contra a dengue disponível no Brasil era a Dengvaxia, fabricada pelo laboratório francês Sanofi Pasteur. O imunizante é recomendado somente para quem já foi infectado com o vírus da dengue.

A vacina francesa protege contra uma possível segunda infecção, que, no caso da dengue, pode se manifestar de forma mais agressiva e levar à morte.

Inicialmente, ainda de acordo com Nísia, o SUS só oferecerá 6,2 milhões de doses ao longo de 2024. Como a vacina é aplicada em um esquema de duas doses, cerca 3,1 milhões de pessoas poderão ser vacinadas.

O Ministério da Saúde ainda disse que nesse primeiro momento a vacinação será focada em “público e regiões prioritárias”. “Até o início do ano, faremos a definição dos públicos alvo levando em consideração a limitação da empresa Takeda do número de vacinas disponíveis. Faremos priorizações”, explicou Nísia.

Os principais sintomas da dengue são:
Febre
Dor no corpo e articulações
Dor atrás dos olhos
Mal-estar
Falta de apetite
Dor de cabeça
Manchas vermelhas no corpo
Se identificar algum desses sintomas, a orientação é procurar um serviço de saúde para diagnóstico e tratamento adequados.

Descubra mais sobre LF News -

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading