novembro 25, 2020

970×90

Morte de criança de 2 anos após beber achocolatado é investigada

Morte de criança de 2 anos após beber achocolatado é investigada

A morte de uma criança de dois anos, que teve parada cardiorrespiratória, supostamente causada após ingerir uma bebida achocolatada, na última quinta-feira (25), está sendo investigada pela Delegacia Especializada de Defesa da Criança e do Adolescente (Deddica) de Cuiabá.

A mãe relata que o filho tomou o achocolatado da marca Itambé às 9h, passando mal minutos depois, apresentado “falta de ar, corpo mole e princípio de desmaio”. A criança morreu uma hora depois, na Policlínica do Coxipó, na cidade. A mãe afirma, ainda, que ela e um tio da criança beberam um pouco do achocolatado e também passaram mal, sentindo náuseas e tontura.

A empresa Itambé afirmou ao G1 que foi notificada na última sexta-feira (26) e que manteve contato com a Vigilância Sanitária. A Coordenadoria Estadual de Vigilância Sanitária já solicitou aos Escritórios Regionais de Saúde a interdição cautelar de todos os achocolatados da marca Itambezinho.

A polícia apreendeu cinco caixas do achocolatado na residência da família, estando duas abertas e três fechadas. Ainda de acordo com a mãe do menino, o achocolatado foi dado a ela por um vizinho, que não foi localizado pela polícia.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde