dezembro 07, 2019

970×90

Neto nega ter indicado Bruno Tavares para o FNDE

O prefeito de Salvador, ACM Neto, negou com veemência qualquer possiblidade de ter indicado Bruno Tavares, atual diretor do Iphan, para o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Através da assessoria de comunicação, o prefeito afirma que está focado nas ações para a capital do estado e que suas idas a Brasília têm o objetivo de estreitar laços no sentido de trazer os investimentos para Salvador.

Sabe-se que Neto tentou emplacar o ex-secretário municipal de Urbanismo, Silvio Pinheiro, para o FNDE. Esbarrou no lobby de cardeis palacianos da capital do país e na força de Gastão Vieira, atual presidente do fundo, que tem boa articulação com o Planalto e com congressista da alta cúpula. Contudo, a possiblidade de Silvio Pinheiro assumir o cargo federal ainda não foi descartada.

Voltando a Bruno Tavares, o atual superintendente do Iphan na Bahia, ganhou visibilidade após a conturba liberação de construção do luxuoso edifício La Vue, na Ladeira da Barra. A crise provocada pelas pressões pela liberação do empreendimento provocou o pedido de demissão do então ministro-chefe da secretaria de governo, Geddel Vieira Lima.

Tavares, quando diretor do instituto na Bahia, também assinou diversos pareceres que contrapunham-se aos elaborados por técnicos especialistas em arquitetura e urbanismo. Seus pareceres viabilizaram construções de milionários empreendimentos em Salvador.

Vale ressaltar que o suplente de deputado federal Pastor Luciano (DEM) assumiu a indicação de Bruno Tavares para o Iphan. Seria ele da cota parlamentar a que os deputados baianos teriam direito após o impeachment de Dilma Rousseff. No entanto, nos bastidores da política baiana é consolidada a opinião de que a nomeação veio por meio de pedido de Geddel Vieira Lima.

A informação sobre a indicação de Tavares para o FNDE foi publicada pelo colunista do jornal O Globo, Lauro Jardim. Neto, nega. Agora, resta esperar as próximas nomeações para saber quem será o substituto de Gastão e se, de fato, haverá uma substituição no fundo.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde
%d blogueiros gostam disto: