setembro 19, 2021

970×90
970×90

Número de leitos para Covid-19 é ampliado em Lauro de Freitas; média de ocupação é de 97% no município

Número de leitos para Covid-19 é ampliado em Lauro de Freitas; média de ocupação é de 97% no município

Com o aumento de casos da Covid-19, a Prefeitura de Lauro de Freitas ampliou o número de leitos das salas amarelas e vermelhas nas unidades de atendimento de urgência e emergência Santo Amaro de Ipitanga (PASAI), no Centro, e UPA de Itinga. Apesar disso, a taxa de ocupação no município atingiu nesta quinta-feira (11), 97% de sua capacidade, com 30 pacientes aguardando regulação para unidades de suporte avançado.

De acordo com a superintendente da atenção especializada da Secretaria Municipal de Saúde (Sesa), Allinne Kelly, a ampliação dos leitos faz parte dos esforços da gestão municipal em mitigar os impactos do coronavírus em Lauro de Freitas.

“Na UPA passamos a atender pacientes com Covid-19 e ampliamos de 16 para 22 leitos. Atualmente, são quatro leitos na sala vermelha e 14 na sala amarela, além de quatro leitos extras. Já no PASAI o acréscimo foi de dez para 18 leitos. A unidade conta com quatro leitos na sala vermelha e sete leitos na sala amarela e mais sete leitos extras”, informou. Allinne acrescenta ainda que os equipamentos são referenciados para atender pacientes com quadros mais graves da Covid-19.

Diante do momento crítico da pandemia do coronavírus, outra medida foi a suspensão dos atendimentos a pacientes com sintomas gripais e respiratórios no Pronto Atendimento Nelson Barros, no Centro. “A unidade foi direcionada a pacientes com sintomas de outras patologias como, por exemplo, crises hipertensivas e diabetes. Devem procurar a unidade Nelson Barros, pacientes acometidos por causas externas, lesões ou outros agravos de baixa complexidade”, disse.

Allinne explica que as medidas são formas estratégicas para tentar conter o avanço da curva de contaminação. “A intenção é separar os pacientes com sintomas de outras doenças não relacionadas à Covid-19 para que não haja contaminação dentro das unidades. Com esses esforços, aliados a outras medidas tomadas pela gestão como à restrição de circulação noturna e de suspensão de atividades não essenciais, devemos baixar a taxa de ocupação dos leitos em nossa cidade. Isso é fundamental porque a reabertura das atividades, enquanto a vacina não chega em quantidade suficiente pra imunizar a maioria da população, fica ligada à taxa de ocupação dos leitos”, ressaltou.

Cinco gripários reforçam atendimentos à Covid-19

Desde o início da pandemia, em março de 2020, Lauro de Freitas destinou cinco Unidades de Saúde da Família (USF) para serem referências no atendimento a pacientes com síndromes gripais e respiratórias com sintomatologias leves.

As USF Chafariz, no Centro; Espaço Cidadão e São Judas Tadeu, na Itinga; Irmã Dulce, em Portão; e a USF Caji/Vida Nova funcionam de segunda a sexta-feira das 7h às 16h, oferecendo a população suporte clínico.

“Essas unidades estão prontas para atendimento a pacientes com sintomas leves da Covid-19. Orientamos que as pessoas continuem usando máscaras e intensificando a higienização das mãos para evitar o contágio’, destacou Allinne.

Em breve o Hospital Metropolitano e o Costa dos Coqueiros serão abertos para ampliar a quantidade de leitos clínicos e de UTI no município.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde