abril 10, 2021

970×90

O que esperar do iPhone 7?

O que esperar do iPhone 7?

A tradição da Apple de lançar o iPhone em setembro continua. O anúncio da nova geração do celular, o provável iPhone 7, foi marcado para o início do mês, como divulgado. Além de ser muito esperado pelos fãs da marca, o novo smartphone terá um desafio ainda maior, que é retomar a fama de inovadora da Apple, seja com o design, câmera, funções extras e até mesmo o preço.

No entanto, será que o iPhone 7 tem potencial para voltar a impressionar o mercado e superar concorrentes como Galaxy Note 7 e Galaxy S7 Edge? Descubra o que esperar do novo iPhone e decida se as novidades vão ser suficientes para fazer valer a pena comprar o telefone.

Design

A Apple deve mirar na sobriedade e manter o aspecto visual nos novos iPhones, apostando em algumas mudanças pontuais. As faixas de antena, que cortam a traseira desde o iPhone 6, devem ser reposicionadas. É esperado que, nos novos modelos, as linhas contornem a lateral, garantindo assim um design mais elegante.

Além disso, o iPhone 7 não deve contar com a entrada tradicional de fone de ouvido. Assim como o Moto Z, a nova geração do smartphone da Apple deve ter apenas um conector, o Lightning, no caso.
Outra novidade aguardada é a possibilidade do aparelho ser à prova d’água. Essa pode não ser uma grande revolução no mercado, mas colocaria o iPhone no mesmo nível de rivais que já trazem o recurso há tempos.

Mais armazenamento, nova cor e câmera dupla

A Apple deve manter as mesmas duas versões para o iPhone 7, uma com 4,7 polegadas, e o iPhone 7 Plus, com 5,5 polegadas. A novidade ficaria por conta de uma nova cor (azul ou preto) e capacidade de armazenamento maior. Os modelos partiriam de 32 GB, em vez de 16 GB. A capacidade maior seria de 256 GB, contra os 128 GB da geração atual.

A câmera, por sua vez, promete ser uma das melhores surpresas do novo iPhone, com direito a estabilização ótica. No entanto, é do iPhone 7 Plus que deve vir a maior novidade. O celular deve contar com câmera traseira dupla, assim como o LG G5. O sensor pode ter 12 megapixels e trazer zoom ótico, com a promessa de ganho significativo na qualidade das fotos.

Acredita-se também que o processador A10, confeccionado em 10 nanômetros, seja o coração dos novos iPhones. O chip está cotado para oferecer um desempenho equivalente ao A9X do iPad Pro. Outro componente que deve receber melhoria, mas nada excepcional, é a bateria. O iPhone 7 deve contar com 1.960 mAh de capacidade, cerca de 14% a mais que o iPhone 6S.

Quanto ao preço e disponibilidade no Brasil, permanece o mistério absoluto. Mas vale lembrar que iPhone 6S e o iPhone 6S Plus chegaram às lojas do Brasil em novembro de 2015. Na mesma linha de raciocínio, os novos tops de linha da Apple devem chegar daqui a três meses. O 6S mais em conta está à venda no Brasil por R$ 3.999, com direito a armazenamento de 16 GB.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde