novembro 30, 2020

970×90

OMS: estabilização da pandemia no Brasil dá ‘impressão que as coisas estão melhorando’

OMS: estabilização da pandemia no Brasil dá ‘impressão que as coisas estão melhorando’

A Organização Mundial da Saúde (OMS) comentou novamente a situação da pandemia no Brasil em coletiva de imprensa realizada ontem (21). O diretor de emergências da OMS, Michael Ryan, reconheceu que os serviços de unidades de tratamento intensivo estão sob menos pressão do que estavam inicialmente no país. No entanto, ele alerta que não significa um controle na transmissão do vírus entre os brasileiros.

“A desaceleração da pandemia se estabilizou no país, mas ainda temos 6 mil casos diários”, lembrou Ryan. “Podemos ter a impressão de que as coisas estão melhorando, mas precisamos de medidas efetivas para diminuir a transmissão no Brasil.”

Na avaliação do diretor da OMS, os créditos da desaceleração dos casos diários no Brasil, apesar de se manterem altos, “devem ser dados às comunidades e aos profissionais da saúde.”

“A pergunta agora é se esse padrão de declínio será mantido”, observou Ryan.

Até ontem, o Brasil tem mais de 112,4 mil mortes pela Covid-19 e 3,5 milhões de casos confirmados. Somente cinco cidades no país seguem sem casos da infecção.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde