outubro 27, 2020

970×90

Operação Ajuruetê: PF cumpre 20 mandatos de busca e apreensão em cinco cidades baianas

Operação Ajuruetê: PF cumpre 20 mandatos de busca e apreensão em cinco cidades baianas

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quinta-feira (27) a Operação Ajuruetê em cinco cidades baianas. Com o apoio do IBAMA, o ICMBio, INEMA/BA e da Polícia Militar da Bahia, os agentes realizaram buscas nas cidades de Itambé, Cândido Sales, Encruzilhada, Poções e Maracás para desarticular uma quadrilha de tráfico de pássaros silvestres que atuava na Bahia e em Minas Gerais.

As investigações começaram a partir da prisão em flagrante de um traficante de animais silvestres em Caruaru, no Pernambuco, em 2018. A partir daí, a PF verificou que os fornecedores, em sua maioria, eram da Bahia.

De acordo com a PF, somente entre a metade do ano de 2019 e o início de 2020 os agentes realizaram sete prisões em flagrante por tráfico animal. Cerca de 824 pássaros foram apreendidos nesse período, dentre eles papagaios, araras e tucanos.

Nesta quinta, 20 mandatos de busca e apreensão estão sendo cumpridos, além de medidas cautelares diversas. A operação também ocorre nos municípios mineiros de Divisópolis, Chapada Gaúcha, Riachinho, São Romão, Santa Fé de Minas, Brasilândia de Minas, Contagem, Ribeirão das Neves e Belo Horizonte.

O nome da operação, Ajuruetê, é uma referência à denominação indígena para a espécie conhecida como papagaio-verdadeiro, da família dos psitacídeos, que é o principal tipo de pássaro silvestre traficado pela rede criminosa ora investigada.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde