novembro 30, 2020

970×90

Operação Arinna: PF desarticula organização criminosa na Bahia e em outros seis estados

Operação Arinna: PF desarticula organização criminosa na Bahia e em outros seis estados

O Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado do Ministério Público do Estado de São Paulo deflagrou na manhã de hoje (21) a Operação Arinna, na qual a Polícia Rodoviária Federal desarticulou a organização criminosa atuante em fraudes e adulteração de combustível. 

A organização, que também realizava importações irregulares do produto nafta, sonegando mais de 538 milhões de reais em tributos federais, foi alvo de 15 mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão cumpridos em sete estados. São eles: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Tocantins, Rondônia e Rio Grande do Sul.

De acordo com o Ministério Público, entre as operações fraudulentas está a adulteração de combustíveis e do composto químico ARLA 32, reagente utilizado para garantir maior eficiência na redução dos poluentes nos motores a diesel, cuja alteração é considerada infração grave. O grupo ainda utilizava, irregularmente, ureia destinada à fabricação de adubos e fertilizantes para fabricar ARLA 32.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde