setembro 17, 2019

970×90

Operação da Polícia Federal é fruto de reclamação disciplinar no CNJ

Operação da Polícia Federal é fruto de reclamação disciplinar no CNJ

A Operação Injusta Causa, deflagrada nesta quarta-feira (11) pela Polícia Federal, é fruto de uma Reclamação Disciplinar feita na Corregedoria Nacional de Justiça (CNJ) contra desembargadores do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRT5). O BNews conseguiu acesso ao documento, que menciona o nome de seis desembargadores baianos, mas ainda não há confirmação se todos foram alvos dos 11 mandados de busca e apreensão.

A equipe foi até a sede do TRT5 e descobriu que, no momento da abordagem policial, um dos réus da ação que tramita em sigilo no Superior Tribunal de Justiça (STJ), o desembargador Ezequias Pereira de Oliveira, presidia uma sessão na Casa. Os mandados foram cumpridos nos gabinetes e nas residências dos magistrados. Pelo menos, cinco policiais federais realizaram as diligências na sede do TRT5, no bairro de Nazaré, em Salvador.

A ação tem o objetivo de desarticular possível esquema de venda de decisões judiciais e tráfico de influência. Além dos desembargadores, a Polícia Federal afirmou que há o envolvimento de um escritório de advocacia no esquema criminoso. Por causa disso, a Comissão de Direitos e Prerrogativas da Seção Bahia da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA) foi convocada para acompanhar as buscas e apreensões.

Fonte:BNews

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde
%d blogueiros gostam disto: