outubro 27, 2021

970×90

Oposição diz que PCdoB e PT não elegem mais ninguém na Bahia com petrolão

Oposição diz que PCdoB e PT não elegem mais ninguém na Bahia com petrolão

O líder da oposição na Assembleia Legislativa, deputado Sandro Régis (DEM), afirmou ontem (31) que a convenção que homologou a candidatura da deputada federal Alice Portugal (PCdoB) a prefeita de Salvador demonstrou, nos discursos das lideranças comunistas e petistas, “um verdadeiro show de horrores, com muita mentira, despreparo, falta de conhecimento da cidade, tentativa de chantagem e ataques rasteiros”. “Estão todos nervosos porque sabem que, este ano, graças à Lava Jato, não vão conseguir eleger mais ninguém com dinheiro do petrolão, nem em Salvador nem na Bahia”, afirmou o líder da oposição na Assembleia Legislativa, deputado Sandro Régis.

O democrata afirmou que, se a tese dos adversários é nacionalizar a campanha, o desejo será atendido. “Se eles querem debater o lava jato, os desvios da Petrobras, os escândalos que envolvem figuras locais como o ex-governador Jaques Wagner, que até hoje está recebendo o ‘bolsa impeachment’ porque está ganhando sem trabalhar, topamos o debate. Se querem debater como a campanha do governador Rui Costa foi abastecida na Bahia, em termos financeiros, também podemos debater isso. Queremos debater como o petrolão enriqueceu os cofres petistas aqui, inclusive nas campanhas passadas”, salientou o parlamentar. Ele rebateu críticas feitas na convenção de Alice Portugal pelo governador Rui Costa. “São tantas mentiras infantis, rasteiras, que se eles usarem na campanha vão ser facilmente desmentidos por números.

O governador disse que ao investir na requalificação da orla o prefeito ACM Neto deixou a educação infantil de lado. Balela. O prefeito está construindo 39 creches na cidade. Muitas já foram entregues. Vamos dobrar o número de vagas em creches. E qual foi a que Rui Costa fez em Salvador? Qual foi a nova escola que o PT fez em Salvador?”, indagou.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde