agosto 05, 2021

970×90

Pacheco barra projeto ‘fura-fila’ das vacinas defendido por empresas

Pacheco barra projeto ‘fura-fila’ das vacinas defendido por empresas

O projeto que libera a compra de vacinas por empresas privadas sem que uma parte delas seja doada ao SUS, aprovado pela Câmara dos Deputados, deve permanecer na gaveta no Senado ainda por um bom tempo —e talvez nunca seja aprovado. A informação é da colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo.

Segundo a publicação, na quinta (22), os líderes dos partidos na Casa devem discutir as próximas propostas a serem debatidas no plenário. E a matéria já aprovada pelos deputados, conhecida como “fura-fila das vacinas”, deve novamente ficar fora da pauta.​

A proposta dos deputados gerou polêmica. Além de eliminar a obrigação de doação de parte dos imunizantes ao sistema público, ele prevê que as empresas vacinem até mesmo familiares de seus funcionários —enquanto o restante da população seguiria enfrentando a escassez de doses no país.

Segundo o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), há mais dúvidas do que certezas em relação ao assunto. Uma delas: há ofertas de vacinas no mundo para a iniciativa privada?

Se sim, por que nenhuma empresa comprou nada até agora? A segunda dúvida: se houver disponibilidade de vacinas no mundo, as empresas pagariam um preço maior para poder adquiri-las antes do sistema público? Isso não comprometeria a lógica do Programa Nacional de Imunização (PNI)?

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde