dezembro 18, 2018

970×90

Pai injeta HIV no próprio filho para não pagar pensão

Pai injeta HIV no próprio filho para não pagar pensão

Um homem injetou o vírus HIV no próprio filho para não pagar pensão. O caso chocante, que aconteceu no ano de 1991 em St Louis, nos Estados Unidos, foi contada agora em uma reportagem especial da BBC publicada nesta quinta-feira (22).

A vítima era o pequeno Brryan Jackson, até então com 11 meses. Ele foi deliberadamente infectado pelo próprio pai, Brian Stewart, quando ainda era apenas um bebê, durante uma internação hospitalar por causa de uma asma. O homem era um técnico em hematologia que estava se separando da mãe da vítima e estava preocupado com o pagamento de pensão.

Segundo a reportagem, durante a internação, o homem aproveitou uma saída da mãe do quarto para injetar o vírus na corrente sanguínea do filho. “Minha mãe tinha um filho de um relacionamento anterior quando conheceu meu pai e ambos decidiram ter uma nova criança. Mas quando ele voltou da Primeira Guerra do Golfo (em 1991, quando serviu como soldado), suas atitudes em relação a mim tinham mudando completamente. Ele começou a dizer que eu não era seu filho”, contou Jackson, hoje com 25 anos, em entrevista de rádio ao programa “Outlook”, do Serviço Mundial da BBC.

Hoje, Jackson se transformou em palestrante motivacional e criou uma ONG, a Living With Hope (Vivendo com Esperança). Ele  cogitou o suicídio, mas optou pela religião. Já Brian Stewart foi condenado à prisão perpétua em 1998.

Compartilhe isso
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde
%d blogueiros gostam disto: