junho 12, 2021

970×90

Paredões e festas clandestinas foram interrompidos em Lauro de Freitas. Prefeitura intensifica fiscalização

Paredões e festas clandestinas foram interrompidos em Lauro de Freitas. Prefeitura intensifica fiscalização

Cinco festas clandestinas e quatro paredões foram interrompidos por equipes responsáveis pela fiscalização dos decretos que proíbem aglomerações em Lauro de Freitas. Os eventos aconteciam durante o final de semana em diferentes bairros do município. Em um deles, que contava com um público de 200 pessoas no bairro de Vida Nova, os agentes da Prefeitura, em parceria com as polícias Civil e Militar, apreenderam equipamentos de som e dispersaram os frequentadores, a maioria adolescentes.

Eventos e atividades com a presença de público superior a 50 pessoas estão proibidos no município para evitar a proliferação do novo coronavírus. Em função do aumento dos casos ativos da Covid-19 no município e a diminuição de leitos de UTIs disponíveis na Bahia, a Prefeitura está intensificando a fiscalização em toda a cidade, especialmente nos finais de semana, quando ocorrem o maior número de aglomerações.

De acordo com o superintendente da Secretaria municipal de Trânsito, Transporte e Ordem Pública (SETTOP), Smith Neto, as aglomerações acontecem principalmente em festas clandestinas, como a que ocorria na noite do último domingo (23) em Vida Nova. Outras quatro também foram interrompidas durante o último final de semana. A fiscalização chega ao local destes eventos por meio de denúncias de poluição sonora, recebidas pelo número 156 da Central Integrada de Mobilidade Urbana (CIMU).

Aglomerações também foram causadas pelos paredões. Quatro eventos como estes foram flagrados e interrompidos pela Força Tarefa da Fiscalização. À frente da 52ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) de Lauro de Freitas, Major Monteiro falou sobre a atuação da companhia em parceria com a Prefeitura e ressaltou que a PM vai continuar agindo de forma enérgica para evitar as infrações.

“Temos atuado firmemente dia e noite em conjunto com as equipes da Prefeitura. Estamos identificando os responsáveis pelos paredões e festas clandestinas, na maioria das vezes realizadas em residências alugadas para promover estes eventos e, em caso de reincidência, estamos conduzindo até a delegacia. Não vamos permitir que as pessoas continuem insistindo em desrespeitar os decretos municipais e estaduais, continuaremos atuando duramente para que os responsáveis respondam pelos crimes praticados”, afirmou o major.

*Estabelecimentos interditados*

Durante o final de semana, as equipes da força tarefa, composta por composta por cinco secretarias municipais e que conta com o apoio das Polícias Civil e Militar, Guarda Municipal e Procon, também interditaram cinco estabelecimentos comerciais que funcionam como bar e restaurante e promoviam aglomerações, por estarem funcionando depois das 22h, o que é proibido pelos decretos de restrição de circulação noturna.

No próximo final de semana será antecipada para as 20h. A antecipação do horário da restrição de circulação noturna foi decidida em reunião dos gestores da Região Metropolitana de Salvador e da capital com o governador Rui Costa, realizada no último sábado (22). Entre os dias 28 (sexta-feira) e 30 (domingo) da próxima semana a restrição vai das 20h até às 5h do dia seguinte. A alteração se dá em função do aumento de casos ativos da Covid-19 e a diminuição no número de leitos de UTI disponíveis no Estado.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde