dezembro 17, 2018

970×90

Pinheiro está com abacaxi e tanto para resolver na Educação

Pinheiro está com abacaxi e tanto para resolver na Educação

Não é pequeno o abacaxi com que o secretário estadual de Educação, Walter Pinheiro, se encontra nas mãos. Explicar a demissão de três mil terceirizados é tarefa hercúlea, senão impossível.

Ainda mais com uma oposição doida para atingir o governo pelos flancos, como já anunciou o líder do grupo na Assembleia, o deputado estadual Sandro Régis (DEM).

“Esta não é uma pauta para um momento de crise e desemprego”, antecipa Régis. De fato, Pinheiro está respaldado pela lei, que não permite a prorrogação de contratos de seis anos.

As empresas contratantes da mão de obra dispensada sequer se adequaram à Lei Anti-Calote, o que dá ao secretário os instrumentos jurídicos para agir sob respaldo legal.

Mas não é a habilidade jurídica o que o governador Rui Costa (PT) espera de Pinheiro neste caso delicado e em outros que começarão a ser enfrentados na Educação.

Conta, principalmente, com sua alegada capacidade política para enfrentar conflitos e resolvê-los. É uma aposta alta, na qual Pinheiro pode, como Rui espera, surpreender. Com informações Tribuna.

Compartilhe isso
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde
%d blogueiros gostam disto: