setembro 17, 2019

970×90

PL da vereadora Naide Brito declara Bloco Afro Bankoma como Patrimônio Cultural Imaterial do município

PL da vereadora Naide Brito declara Bloco Afro Bankoma como Patrimônio Cultural Imaterial do município

Na Sessão Ordinária desta quarta-feira (11), foi aprovado o Projeto de Lei (PL) nº 41/2018, de autoria da vereadora Naide Brito (PT), que declara como Patrimônio Cultural Imaterial do Município de Lauro de Freitas o Bloco Afro Bankoma.

Bankoma é uma palavra de origem banto, que significa reunião de pessoas. O Bloco surgiu a partir das oficinas de arte-educação desenvolvidas no Terreiro São Jorge Filho da Goméia, voltadas para os jovens e comunidade local. Nasceu como uma forma de apresentar para a população o que era produzido dentro do terreiro.  

“O bloco tem relações com 350 terreiros de candomblé, que participam do desfile no Carnaval. Em 2008, cerca de 80 quilombolas participaram pela primeira vez do Carnaval de Salvador. O primeiro desfile do bloco ocorreu na Lavagem de Portão, em Lauro de Freitas”, explica o texto de justificativa da autora.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde
%d blogueiros gostam disto: