novembro 30, 2021

970×90

Planserv se pronuncia após médicos anunciarem paralisação por tempo indeterminado

Planserv se pronuncia após médicos anunciarem paralisação por tempo indeterminado

Após o Sindicato dos Médicos do Estado da Bahia (Sindimed) ter anunciado, nesta quarta-feira (6/2), a paralisação geral dos profissionais que atendem no Planserv (plano de saúde para servidores do Governo do Estado), o plano emitiu uma nota de esclarecimento.

No texto, o Planserv informa que “mantém relação contratual apenas com as entidades de saúde – clínicas, hospitais e laboratórios-, não havendo nenhum vínculo, portanto, com profissionais de saúde, enquanto profissionais liberais, registrados como pessoa física”. A nota diz, ainda, que o Planserv adotará todas “as medidas cabíveis para que sejam cumpridos os contratos com as entidades de saúde, garantindo o atendimento aos beneficiários, sem nenhum custo extra”.

ENTENDA

Segundo o Sindimed, a categoria suspendeu os procedimentos eletivos por conta dos valores “humilhantes” da tabela do Planserv, dos honorários recebidos pelos médicos pelos procedimentos feitos. A categoria determinou paralisação “até que seja aberto um canal de negociação”.

Desde dezembro de 2018 a categoria debatia revindicações com os representantes do Planserv, mas segundo o comunicado oficial do sindicato, “nenhum avanço foi obtido, e o Governo do Estado ao invés de buscar soluções para o impasse, se limitou a encaminhar notas para a imprensa instruindo os usuários do plano a não pagar pelos procedimentos realizados”.

A categoria pede reajuste dos preços dos honorários médicos dados pelos procedimentos feitos; fim da política de cotas financeira e o pagamento dos honorários direto aos médicos, sem intermediação dos hospitais.

 

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde