junho 13, 2021

970×90

Polícia já tem linha de investigação sobre morte de Marcelo Tosta em casa de show

Os tiros que mataram o dançarino Marcelo Tosta dos Santos, 37 anos, na madrugada de sábado (3), foram deflagrados no interior da casa de eventos Coliseu do Forró, no bairro de Patamares, na capital baiana.

Ao longo de todo o sábado, pessoas que estavam curtindo a festa, os responsáveis pelo local e os chefes da segurança prestaram depoimentos sobre a dinâmica dos fatos.

portal-lf-news-noticias-lauro-de-freitas-policia-ja-tem-linha-de-investigacao-sobre-morte-de-marcelo-tosta-em-casa-de-show

O diretor do DHPP (Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa), José Bezerra, explicou que a polícia tem uma linha de investigação e que a divulgação apressada de detalhes pode comprometer a elucidação do caso.

De acordo com a Central de Polícia, Marcelo foi atingido nas costas e no braço após uma discussão com o autor dos disparos enquanto participava de uma festa na casa de show.

Em nota, o Coliseu lamentou o ocorrido e disse que se solidariza com as famílias e pessoas atingidas. Segundo o comunicado, a noite contava com uma equipe de seguranças monitorando o acesso e antes de entrar na casa todos passaram por revista, seguindo protocolo adequado.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde