janeiro 22, 2021

970×90

Policlínica Regional de Saúde completa um ano com mais de 8 mil atendimentos para Lauro de Freitas

Policlínica Regional de Saúde completa um ano com mais de 8 mil atendimentos para Lauro de Freitas

A Policlínica Regional de Saúde completa seu primeiro ano de funcionamento neste domingo (29), com o marco de mais de 8 mil consultas e procedimentos realizados em pacientes de Lauro de Freitas. O equipamento, localizado em Simões Filho, oferece atendimentos de baixa, média e alta complexidade para outros cinco municípios da Região Metropolitana somando, no total, mais de 20 mil atendimentos nesse primeiro ano. 

De acordo com o coordenador da Central Regulação, Alan Reis, Lauro de Freitas é o município que mais agenda procedimentos na unidade, um aproveitamento de mais de 40% para marcação de consultas e exames como, por exemplo, raio x, mamografia, ultrassonografia e consultas com cardiologista, endocrinologista e ginecologista. “Lauro se destaca por conta da organização nos fluxos de encaminhamento e a estreita relação com os operadores da regulação que estão nas unidades de saúde”, afirma Reis. 

Entre os procedimentos mais procurados estão consultas com médicos cardiologistas, endocrinologistas, mastologistas, urologistas, ortopedistas e exames de diagnóstico por imagem. “A Policlínica é um equipamento que complementa a rede municipal de saúde. Em termos gerais, a unidade contribuiu em torno de 15% a 20% na oferta de consultas e exames para o município de Lauro de Freitas”, completa Alan. 

Fazendo a diferença na RMS

A Policlínica Regional de Saúde em Simões Filho foi a primeira inaugurada pelo Governo do Estado para atender a 785 mil baianos que moram nas cidades de Lauro de Freitas, Simões Filho, Camaçari, Mata de São João, Dias D’ Ávila e Conde. 

A unidade é administrada pelo Consórcio Público Interfederativo de Saúde da Região Metro Recôncavo Norte. O Governo do Estado arca com 40% dos recursos que mantém o funcionamento da Policlínica, os outros 60% são divididos entre os municípios integrantes. Já na construção e aquisição dos equipamentos, bancadas totalmente pelo Estado, foram aplicados R$20 milhões.

A diretora executiva da unidade, Elisa Daltro, destaca que no equipamento o atendimento humanizado é prioridade. “A Policlínica dispõe de veículos equipados com ar condicionado, wi-fi e rampa elevatória para acessibilidade que realizam o transporte dos pacientes com conforto e segurança. Além disso estamos sempre atentos aos cuidados durante a pandemia do coronavírus, nossos colaboradores são testados para covid-19 quinzenalmente. Fizemos as sinalizações de distanciamento no equipamento e disponibilizamos álcool 70% na unidade”, disse. 

Atendimento

Os cidadãos atendidos nas Policlínicas Regionais de Saúde são encaminhados pelos municípios em que residem, que são responsáveis por agendar consultas e exames. A necessidade é identificada nos postos do Programa de Saúde da Família (PSF).  “Essa unidade mostrou um SUS diferente para os cidadãos, por conta de um tratamento de alta qualidade. Os atendimentos são personalizados e com hora marcada”, completa Elisa. 

 

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde