dezembro 06, 2021

970×90

PP nega apoiar candidatura de Tia Eron

 O deputado federal Cacá Leão (PP) disse ontem que desconhece qualquer tipo de articulação com o PRB para lançar a deputada federal Tia Eron (PRB) na disputa pela prefeitura de Salvador. Se a aliança fosse concretizada, o atual pré-candidato progressista ao Thomé de Souza, Cláudio Silva, passaria a ocupar o cargo de vice da republicana. “Não tenho conhecimento dessa informação. Tenho uma relação muito particular com Tia Eron, ela é minha amiga muito além da política, e até o momento ela não veio até mim nesse sentido. Deve ser especulação”, declarou Leão, que tem coordenado as negociações com os partidos para fechar a composição da chapa progressista.

A possibilidade de ter uma candidatura própria tem sido declaradamente estudada pelo PRB desde a primeira semana de julho. O presidente municipal do partido, deputado estadual Sidelvan Nóbrega, chegou a dizer que a prefeitura “é um espaço que a gente tem que ocupar”, e que o PRB não poderia “ficar apenas como apoiador”. Ele teria conversado sobre a questão com Tia Eron, que teria ficado “felicíssima” com a ideia. Na última segunda, Nóbrega reafirmou a intenção, mas ressaltou que tem se concentrado na tentativa de convencer o prefeito ACM Neto (DEM) a escolher o ex-secretário João Roma para a vaga de vice na disputa pela reeleição. Procurado ontem pela Tribuna, o republicano não atendeu as ligações até o fechamento desta edição.

Em rápida conversa, o deputado estadual José de Arimatéia (PRB) disse que não recebeu qualquer informação oficial do partido sobre o assunto, mas admitiu que ouve os rumores desde a semana passada. “Não comentaram nada comigo, nem o presidente municipal, o deputado Sidelvan, nem a presidente estadual, Tia Eron. Até tentei perguntar a ela sobre isso. Sei que o PRB tem essas pretensões, mas não sei se será agora”, completou.

Cacá Leão, inclusive, reiterou que a candidatura de Cláudio Silva está mantida e deve ir até o fim. Segundo o deputado, os diálogos em torno da formação da chapa prosseguirão durante toda a semana. Ainda falta se reunir com o PTN, que decidiu não coligar. “Ontem teve uma reunião com os candidatos a vereadores do PP e do PR. O PR pleiteou a indicação de vice, então estamos nessa condição de aguardar a indicação do nome. Mas vai ser uma boa escolha, o PR tem grandes quadros”, acrescentou.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde