junho 12, 2021

970×90

Prefeita destaca serviço prestado pelos agentes de limpeza municipal na linha de frente do combate à pandemia

Prefeita destaca serviço prestado pelos agentes de limpeza municipal na linha de frente do combate à pandemia

Para prestigiar o Dia do Agente de Limpeza Pública, que será celebrado neste  domingo (16), a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, visitou a sede da Secretaria Municipal de Serviços Públicos (SESP) e destacou o reconhecimento para a importância do trabalho prestado, que é uma das linhas de frente no combate à pandemia. O vice-prefeito, Vidigal Cafezeiro, também esteve presente à homenagem.

“O reconhecimento pelo dia dos agentes de limpeza está sendo antecipado porque entendemos que o dia deles é todos os dias. São verdadeiros guerreiros que estão diuturnamente nas ruas, expondo suas vidas para ajudar a salvar as nossas com a limpeza que é feita na cidade. Merecem nossos aplausos. Aqui, assumo o compromisso de que chegando mais vacinas, e sendo permitido pela CIB e Ministério da Saúde, vamos vacinar todos os agentes de limpeza o mais rápido possível, assim como achamos importante vacinar todos os servidores e população”, destacou Moema.

O vice-prefeito Vidigal Cafezeiro ressaltou o compromisso que os trabalhadores têm no dia-a-dia. “Os agentes estão de parabéns pelos serviços que vem prestando à sociedade. Chegamos aqui e percebemos que, apesar das dificuldades da pandemia, eles estão felizes com o trabalho. Isso é resultado de uma organização e respeito por esse órgão tão importante para a população”, ressaltou.

Já o secretário da SESP, Anderson Pinheiro, contou sobre a rotina dos agentes de limpeza diante da pandemia. “Temos cerca de 300 agentes e se somar aos profissionais de parques e jardins e rios e córregos chegamos a 420 trabalhadores. Sabemos que não é fácil trabalhar usando máscara, principalmente para aqueles que trabalham em ambientes externos e usam muito da força, mas sempre estamos conscientizando e fiscalizando o uso dos EPIs junto à máscara e os cuidados com a higiene das mãos”, relatou.

As atividades da SESP estão divididas em equipes de varrição, poda, limpeza de praças e jardins, e de rios e córregos. Para Balbina dos Santos, 57 anos, o trabalho de limpeza urbana conta boa parte de sua história. “Trabalho aqui na SESP há 23 anos. Já passei por todos os setores. Um dos que eu mais gostei foi o de reciclagem, que a gente fazia sofás de pneu. Hoje eu estou na varrição. Com essa pandemia algumas coisas ficaram ruins, usar máscara mesmo às vezes dá falta de ar, mas já me acostumei, temos que usar para se prevenir do vírus”, frisou.

 

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde