janeiro 17, 2022

970×90

Prefeito de Manaus chora, chama Bolsonaro de cínico e faz apelo: “Fique em casa”

Prefeito de Manaus chora, chama Bolsonaro de cínico e faz apelo: “Fique em casa”

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB-AM​), desabafou durante entrevista ao canal CNN, chorou e fez um apelo ao presidente Jair Bolsonaro: fique em casa.

“Um pedido em favor do isolamento social, eu pediria presidente Bolsonaro: fique em casa, faça o que o bom senso manda, salve a vida de muitos compatriotas seus. Para qualquer pessoa que tenha coração, pense nos seus eleitores, foram 57 milhões de eleitores que acreditaram no seu comando, e lhe entregaram um leme, para comandar esse país, levar o país para um porto seguro e não para um buraco, que deixa as pessoas angustiadas e esgotadas e precisa você ser uma pessoa muito cínica, muito insensata para não sentir isso profundamente do fundo do seu coração”, desabafou, emocionado. “Eu diria que Manaus virou a Itália”, alarmou, diante do cenário de colapso na saúde e do aumento expressivo de óbitos.

Com 2.435 mortes apenas no mês de abril, a capital do Amazonas está prestes ao colapso. O prefeito afirmou que a cidade está “em ponto de barbárie” com a pandemia de coronavírus.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde