Prefeitura de Lauro de Freitas segue com cadastro de habitação de interesse social para munícipes em situação de vulnerabilidade

 Prefeitura de Lauro de Freitas segue com cadastro de habitação de interesse social para munícipes em situação de vulnerabilidade
Mais uma ação de Cadastro de Habitação de Interesse Social, com o propósito de identificar os munícipes de Lauro de Freitas em situação de vulnerabilidade, sem moradia ou em residência de risco, foi realizada nesta segunda-feira (19). Sob a coordenação do Departamento de Habitação e Regularização Fundiária (DEHAB/SEDUR), a iniciativa busca fortalecer a base de dados disponível para a seleção de demandas e a captação de recursos destinados à habitação no município.
 
A coordenadora do DEHAB, Alana Freire, ressalta que o cadastro é permanente e será realizado ao longo de todo o ano. “Somente em 2024, em cinco dias de atendimento em vários pontos da cidade, já registramos 848 cadastros. É importante destacar que o cadastro não vai acabar, o processo permanecerá aberto, e em breve estará disponível a opção de realizar o cadastro online por meio do site da Prefeitura”, explicou.
 
Os atendimentos seguem em três locais: AR de Portão (Centro Social Urbano), das 8h às 11h; Ginásio de Esportes do Centro, das 8h às 14h; e na Rua 2 de Julho, s/n, Areia Branca, das 8h às 13h.
 
Ricardo de Souza, autônomo, foi um dos presentes na ação do Ginásio de Esportes para realizar seu cadastro. “Já vinha tentando me cadastrar. Minha casa costuma molhar; a Defesa Civil já esteve lá e me concedeu auxílio-aluguel, mas já foi cortado. Atualmente, minha casa ainda está em construção, pois quando chove, ela molha e alaga. Esta oportunidade será muito importante para mim, pois tenho duas filhas e uma terceira está a caminho”, relatou.
 
A DEHAB reforça que o cadastro não assegura a concessão de unidades habitacionais; no entanto, os dados serão fundamentais para futuros programas, o planejamento habitacional e a identificação das necessidades da comunidade. Os documentos exigidos para o cadastro incluem RG, CPF e carteira de trabalho.
 
Moradora do Picuaia, Viviane Santos enxerga no cadastro a oportunidade de transformar sua vida. “Onde resido atualmente não é muito bom, e estou em busca de um lugar melhor. Espero que este cadastro seja o primeiro passo para melhorar nossas condições de vida. Desejo que seja uma mudança positiva não apenas para mim, mas para todos que se inscreverem”, disse.

Deixe uma resposta

Descubra mais sobre LF News -

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading