maio 10, 2021

970×90

Previsão de mais chuvas em Lauro de Freitas ao longo da semana

Previsão de mais chuvas em Lauro de Freitas ao longo da semana

 

A previsão é de que as fortes chuvas que atingiram Lauro de Freitas nesta terça-feira (20) sigam nos próximos dias. Segundo o Centro de Pesquisa de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), a expectativa para quarta e quinta-feira é de 80%, já na sexta-feira a probabilidade sobe para 90%. Para minimizar os problemas causados no período, a Prefeitura coloca equipes em alerta para monitorar pontos críticos e atender possíveis ocorrências. 

Na manhã de hoje foram registrados pontos de alagamento em ruas situadas próximas aos rios, nas localidades Chafariz, Itinga e Portão. Os bairros de Itinga, Vila Praiana e Areia Branca registraram nível acumulado de água de 53mm, 36mm e 32mm, respectivamente, nas últimas 24h. Os dados são da Rede de Monitoramento do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais – CEMADEN, obtidos por meio dos Pluviômetros Automáticos instalados em pontos estratégicos do município.  

Lauro de Freitas é cortada por cinco rios e mais de 60 córregos, o que contribui para a ocorrência de notificações durante as chuvas. Como medida preventiva, a gestão municipal desenvolve ações, como o monitoramento permanente de áreas de risco e a desobstrução de córregos, canais e bueiros. As fortes chuvas ocorrem historicamente entre os meses de abril e junho.  

Os locais que registraram alagamentos já contam com obras estruturantes ou projetos em fase de captação de recursos, como é o caso da Boca da Mata, em Portão, onde a Prefeitura vai executar o desvio do Canal dos Irmãos, direcionando as águas para o Rio Joanes. A Luiz Tarquínio e Centro serão beneficiados pelos projetos de macrodrenagem já em execução na Brigadeiro Mário Epinghaus (Prefeitura), e do Rio Ipitanga (Governo do Estado).

Em caso de emergências relacionadas à chuva, a população deve fazer contato por meio dos telefones 199, 3288-8628 e 9 9983-6678 da Defesa Civil, além do 156 do Centro Integrado de Mobilidade Urbana (CIMU), que monitora pontos críticos e de maiores movimentos através das mais de 300 câmeras espalhadas pelo município. O CIMU e a Defesa Civil atuam em regime de plantão 24h. 

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde