dezembro 18, 2018

970×90

Produtor da Guettho é Guettho diz que músico segue internado e explica boato

Produtor da Guettho é Guettho diz que músico segue internado e explica boato
Em entrevistanesta quarta-feira (22), o produtor da banda Guettho é Guettho, Adriano Costa, contou que o dançarino e backing vocal, Marcos Vinícius Santos de Jesus, 32 anos, conhecido como Nego Pom, tinha ido ao bairro de Periperi, em Salvador, para acertar o cachê de um show.
“Soubemos mais ou menos o seguinte… Ele tem um projeto paralelo, ele ajuda a produzir uma banda. E ontem, foi lá na Cidade Baixa para pegar um sinal do contrato, já que tinha vendido um show. Não sei se pegou ou não o dinheiro, mas quando tentou sair, passaram uma informação errada, e infelizmente ele foi parar no lugar errado. Agrediram e ainda levaram a moto”, detalha.
O produtor do grupo revela também que um componente da Guettho é Guettho acompanhava o artista na unidade de saúde, e divulgou no grupo do WhatsApp da banda que Nego Pom não tinha resistido.
Na rede social, o cantor Danilo Ferreira, o Chiclete Ferreira, chegou a postar uma mensagem informando que o dançarino havia morrido. “Infelizmente nosso backing vocal e dançarino, Nego Pom, não resistiu e morreu. Que Deus bote ele em um bom lugar e conforte toda a família dele”, escreveu.
003
A mensagem foi apagada posteriormente do perfil, e horas depois o cantor divulgou outra mensagem. “Gente parece impossível, parece brincadeira, mas acabei de receber a notícia. Olha como Deus é. Nosso Nego Pom ainda está vivo, ele reagiu, mas está em estado grave”, escreveu. O perfil da banda no Facebook chegou até a publicar um flyer lamentando a suposta morte do artista.
“Um integrante da banda estava no hospital e passou para gente no grupo. E como ele é da banda, achamos que era uma fonte segura. Hoje pela manhã ligamos para alguns veículos da imprensa”, explica.
005
Ainda durante entrevista, o produtor do grupo afirmou que o dançarino segue internado no Hospital do Subúrbio, em Salvador. “Ele passou por um processo cirúrgico e está em observação. A gente está aguardando uma avaliação do médico que atendeu ele, que está fazendo cirurgia em outro paciente. Não piorou, nem melhorou. A gente aguarda uma vaga na UTI [Unidade de Tratamento Intensivo] para ele”, conta.
O crime
Na terça-feira (21), Marcos Vinícius Santos de Jesus foi baleado no abdômen e agredido a pedradas na Rua Nova Constituinte, no bairro de Periperi, na capital baiana. Após a agressão, os bandidos ainda levaram a moto da vítima. O crime foi registrado na 5ª Delegacia Territoral (DT/Periperi).
Compartilhe isso
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde
%d blogueiros gostam disto: