outubro 24, 2021

970×90

Público aproveita primeiro dia de reabertura do Parque de Ecológico de Lauro de Freitas

Público aproveita primeiro dia de reabertura do Parque de Ecológico de Lauro de Freitas

O clima ensolarado levou dezenas de munícipes ao Parque Ecológico de Lauro de Freitas nesta quinta-feira (16), dia que marca a reabertura do equipamento, após um ano e meio fechado por causa da pandemia. O espaço, localizado no coração de Vilas do Atlântico, é uma importante reserva de Mata Atlântica com mais de 70 mil metros quadrados, dos quais 15 mil são utilizados com equipamentos e serviços.

Em sua primeira vez no parque, a pequena Haydee Hadassa, de 2 anos, pulou, brincou, conheceu plantas e acenou para os micos nas árvores. Ela foi ao local acompanhada da mãe, a auxiliar de serviços gerais, Larissa Borges, 24, e do pai, o porteiro João Borges, de 23 anos, que aproveitou o dia de folga com a família e em contato com a natureza. “Aqui é maravilhoso! Ela amou a ala das tartarugas. Vamos vir mais vezes passear no parque”, contou a mãe.

Quem também aproveitou a reabertura para conhecer e levar as crianças para se divertir no espaço foram as amigas, a engenheira Gisele Reis, 39, mãe de Ana Beatriz de 4 anos, e a fonoaudióloga Raquel Bittencourt, 41, mãe de Alberto Bittencourt, de 3 anos. Eles aproveitaram a manhã no espaço para fazer um piquenique e deixar os filhos brincarem em contato com a natureza. “Aqui é maravilhoso, né? Diante dessa pandemia, visitar esses locais com os pequenos é uma verdadeira benção”, contou.

O Parque tem opções de diversão para toda a família, com o parquinho, tirolesa, espaço para piquenique, viveiro, horta orgânica, trilha na mata e concha acústica. No meio de tudo isso, um espaço do Tamar chama a atenção e promove ações educativas sobre a preservação das tartarugas. É possível visitar o local de terça a domingo, das 9h às 17h.
Localizado na Avenida Praia de Itapuã, em Vilas do Atlântico, o parque é administrado pela Prefeitura de Lauro de Freitas, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Saneamento e Recursos Hídricos (Semarh).

Na entrada, todos os visitantes têm temperatura aferida e acesso a álcool em gel para a higienização das mãos. A entrada é gratuita e não precisa agendar. De terça a sexta-feira, os visitantes podem levar seus pets para uma saudável caminhada junto à natureza.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde