junho 05, 2020

970×90
970×90

Que bacana! Em ato de solidariedade contra o COVID-19, MST doa cerca de 12 toneladas de alimentos na Chapada Diamantina

Que bacana! Em ato de solidariedade contra o COVID-19, MST doa cerca de 12 toneladas de alimentos na Chapada Diamantina

Por todo o estado o MST distribui mais de 200 toneladas de alimentos livres de agrotóxicos

Nesta sexta feira (17/04), data em que se comemora o Dia Internacional da Luta Camponesa, famílias Sem Terras acampadas e assentadas em municípios da Chapada Diamantina doaram, em ato de solidariedade contra o COVID-19, cerca de 12 toneladas de alimentos para famílias necessitadas e para hospitais em municípios da Chapada e região.

Frutas e hortaliças livres de agrotóxicos, Banana, aipim, abóbora, melancia, maxixe, quiabo, limão, abacate, mamão, maracujá, feijão e diversos alimentos produzidos por agricultores familiares dos Assentamentos e Acampamentos da Chapada Diamantina foram doadas ao longo do dia para hospitais e às famílias que devido à pandemia passam por momentos de necessidade.

No município de Wagner foram entregues alimentos ao Hospital municipal, ao Centro Paroquial, e ao Grupo de Voluntários do município (organizado por Chiquinho Som) que já vem coletando alimentos para doarem às famílias carentes. Os alimentos foram doados por agricultores familiares dos Assentamentos São Sebastião, Jaqueira e Laranjeira.

Em Lajedo do Tabocal, Produtores Rurais do Assentamento Monte Castelo doaram cerca de 400 kg de alimentos, legumes, verduras e frutas, para o Hospital Municipal Álvaro Vasconcelos Fagundes. Em Iramaia, o MST entregou alimentos para moradores do Bairro das Casas Populares e para o Hospital Municipal de Iramaia. E em Itaetê, foram doados alimentos para famílias no Bairro Cana Brava.

Agricultores do Assentamento Beira Rio e do Acampamento Campo do gado, na cidade de Boa Vista do Tupim, também fizeram suas doações.

Segundo Fábio – Coordenador do Setor de Comercialização do MST na Chapada, para o Movimento essa ação é importante porque a nossa luta é por igualdade social, e nesse momento de dificuldade, qual estamos passando devido a pandemia da COVID-19, é importante contribuir com as pessoas que estão necessitando de alimentos para sustentar suas famílias. “Nós da Chapada Diamantina sentimos na obrigação de fazer doações de alimentos saudáveis sem agrotóxico para essas famílias” afirma Fábio.

Os alimentos foram doados nos municípios de Boa Vista do Tupim, Itaetê, Iramaia, Wagner, Lagedo do Tabocal, e em toda a Chapada Diamantina. Ao todo, foram entregues cerca de 12 toneladas de alimentos, livres de agrotóxicos, na região, e em todo o estado foram doadas cerca de 200 toneladas. As doações de alimentos ocorrem em todo o país.

A data da ação foi escolhida em memória aos 24 anos do Massacre de Eldorado dos Carajás, ocorrido em 1996, quando 21 trabalhadores Sem Terra foram brutalmente assassinados pela Polícia Militar do Pará. Anualmente, o Movimento Sem Terra realiza manifestação por todo o país em memória aos agricultores assassinados nesta data que ficou conhecida como o Dia Internacional da Luta Camponesa. 

Este ano, devido à pandemia do novo coronavírus, o MST mudou sua forma de manifestação, e em ato de solidariedade, realizou doações por todo o país, visando ajudar as famílias que, neste momento, passam por necessidade.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde